Aberrações sexuais

2348 palavras 10 páginas
As aberrações sexuais
Introdução
Freud, no ano de 1905, publica os Três Ensaios Sobre a Teoria da Sexualidade, que, certamente, revoluciona a compreensão dos fenômenos sexuais, produzindo mudanças radicais na concepção da sexualidade humana. Este artigo está dividido em três partes. Na primeira, discorre sobre as aberrações sexuais, introduzindo pela primeira vez a palavra pulsão a fim de diferenciar a sexualidade humana – pulsional – da sexualidade dos animais (instintual), pois, ao contrário da fixidez do instinto, a pulsão admite variações em relação ao objeto e ao objetivo sexual.
Freud abre o primeiro capítulo descrevendo os processos psicológicos das chamadas aberrações sexuais, através dos diversos desvios existentes quanto ao objeto sexual e quanto à finalidade sexual. Assim, introduz os termos: objeto sexual (pessoa de quem procede a atração sexual) e alvo sexual (ato a que a pulsão conduz) aludindo a que frequentemente ocorrem desvios em relação tanto ao objeto quanto ao objetivo sexual.
O conceito de perversão a perversão está relacionada à sexualidade, pois diz respeito a práticas sexuais que extrapolam o objetivo do coito. Nesses casos, o orgasmo é obtido através de práticas ou objetos desviantes do normal, sendo as perversões o resultado do desenvolvimento da pulsão sexual em zonas erógenas distintas dos genitais.
Em Vocabulário da Psicanálise, Laplanche e Pontalis (1992, p. 341) definem perversão como sendo o:
Desvio em relação ao ato sexual normal,

Relacionados

  • A medicina legal nos crimes sexuais
    3715 palavras | 15 páginas
  • aberracoes cromossomicas
    1057 palavras | 5 páginas
  • Parafilias de transtornos sexuais
    958 palavras | 4 páginas
  • Género e direitos fundamentais – fundamentos constitucionais e desafios para um exercício efectivo dos direitos sexuais e reprodutivos em moçambique.
    6199 palavras | 25 páginas
  • Resumo - as teorias sexuais infantis na atualidade
    549 palavras | 3 páginas
  • Hormônios sexuais
    2819 palavras | 12 páginas
  • Violências sexuais: incesto, estupro e negligência familiar
    10813 palavras | 44 páginas
  • Crimes sexuais no código penal militar, uma abordagem em face da lei 12.015/09 que altera e da nova redaçao ao codigo penal.
    2751 palavras | 12 páginas
  • Resenha do texto Conferência XXI - O desenvolvimento da libido e as organizações sexuais
    1074 palavras | 5 páginas
  • Hereditariedade e cromossomos sexuais
    885 palavras | 4 páginas