Acetilcolina

2488 palavras 10 páginas
Acetilcolina (ACh)
A acetilcolina (ACh) foi o primeiro neurotransmissor descoberto. Tem um papel importante tanto no sistema nervoso central, como no sistema nervoso periférico (SNP). É um éster do ácido acético e da colina, cuja ação é mediada pelos receptores nicotínicos e muscarínicos. É o único neurotransmissor utilizado no sistema nervoso somático e um dos muitos neurotransmissores do sistema nervoso autônomo (SNA). É também o neurotransmissor de todos os gânglios autônomos.
No sistema nervoso somático, a contração muscular ocorre devido à liberação desta substância pelas ramificações do axônio.
Das colinas, é a mais importante e controla atividades de áreas cerebrais relacionadas com a atenção, aprendizagem e memória. Por exemplo, durante a fase de sono profundo (sono REM), a acetilcolina é liberada da ponte; em animais de laboratório, ao bloquear a liberação da acetilcolina, cria-se um déficit na aprendizagem e memória (em alguns casos somente a colina é sugerida facilitar o processo de aprendizado e memória); a Doença de Alzheimer está associada, em 90% dos casos, com perda de neurônios colinérgicos no pró-encéfalo basal e hipocampo.
No sistema vascular, age promovendo vasodilatação, diminuição da frequência cardíaca, dedução de força de contração cardíaca e diminuição de condução nervosa nos nodos sinoatrial e atrioventricular.
A acetilcolina produz também o fechamento do esfíncter pós-capilar, causando enchimento dos sinusóides venosos e extravasamento de

Relacionados