Africa como berço da humanidade

2653 palavras 11 páginas
* A ÁFRICA COMO BERÇO DA HUMANIDADE;

A África é considerada o berço da humanidade e da civilização porque podemos verificar que passando por ancestrais pertencentes a várias espécies do gênero Australopitecos, e às espécies primitivas do gênero Homo (desde o Homo habílis até o Neandertal e seus pares) - que o caminho evolutivo conduz o Homo sapiens ao homem moderno. O Homo erectus, autor de importantes avanços na manufatura de implementos como o machado, teria saído da África há quase dois milhões de anos, em ondas migratórias rumo à Ásia e à Europa, iniciando o povoamento do mundo. E, segundo a autora, Elisa Larkin, o consenso científico sustenta ainda que o homem moderno (Homo sapiens) também evoluiu na África e de lá saiu, há mais ou menos 150 mil anos, em uma segunda fase de ondas migratórias através da Eurásia. Tudo isso pode ser comprovado pelas ossadas fósseis, pelos indícios da manufatura e da arte primitiva encontrada no continente africano. As transformações de formas arcaicas do Homo Sapiens em formas modernas teriam ocorrido primeiramente na África, o que nos levaria a concluir que todos os humanos de hoje são descendentes de africanos. Estes se espalharam pela Eurásia dando início a um processo de intercâmbios genéticos, que se processa até hoje.

01 * A GEOGRAFIA DA SOCIEDADE AFRICANA;

A África é o terceiro continente mais extenso ficando atrás somente da Ásia e da América, com cerca de 30 milhões de quilômetros quadrados, cobrindo 20,3 % da

Relacionados

  • O conhecimento como característica da humanidade
    386 palavras | 2 páginas
  • A ORIGEM DA HUMANIDADE
    2886 palavras | 12 páginas
  • Historia da africa
    1288 palavras | 6 páginas
  • Raças da humanidade
    3224 palavras | 13 páginas
  • Cronologia da Humanidade
    2316 palavras | 10 páginas
  • Como surgiu a humanidade
    998 palavras | 4 páginas
  • Aspectos positivos da áfrica
    1796 palavras | 8 páginas
  • Grécia o berço da civilização humana
    815 palavras | 4 páginas