Alegações Finais - Estelionato Previdenciário

3272 palavras 14 páginas
EXMO. SR. JUIZ FEDERAL DA 17ª VARA CRIMINAL DA SEÇÃO JUDICIÁRIA DO ESTADO DA BAHIA

Processo nº: 7832-25.2014.4.01.3300
PAJ: 2014/014-02284

UBALDO ALVES GOMES, já devidamente qualificado nos autos do processo em epígrafe, vem a V. Exa., por intermédio da Defensoria Pública da União, pela Defensora infrafirmada, apresentar suas ALEGAÇÕES FINAIS, a seguir aduzidas.

1. SÍNTESE DA ACUSAÇÃO
Segundo consta na denúncia oferecida pelo Ministério Público Federal (fls. 02A/02G) em desfavor de UBALDO ALVES GOMES, imputando-lhe a prática do delito tipificado no artigo 171, § 3ºdo CPB, pelo suposto crime de estelionato com o aumento de pena por ter lesado o INSS.
O processo em questão foi instaurado em desfavor do acusado como resultado da Operação Nevasca, que segundo o MPF seria um esquema de fraude e corrupção ao INSS. Logo, o processo em questão guardaria continência com o de nº 00009012-47.2012.4.01.3300.
Segundo narra o Parquet, o acusado teria logrado êxito do benefício de aposentadoria sob o nº 151.013.611-5, no período de 06/2010 a 08/2011 indevidamente. O acusado teria utilizado meio fraudulento para auferir o benefício, qual seja, incluir como tempo de contribuição à Previdência, vínculo empregatício inexistente com a Empresa DISTRIBUIDORA DE BEBIDAS GAGLIANO LTDA. Esta evidência de vínculo laboral inexistente foi apurada em pesquisa externa (fls. 31 e 32), em que ficou comprovado a inexistência de tal Empresa.
Em sede de Alegações Finais, o

Relacionados

  • Alegações Finais Furto Privilegiado
    1741 palavras | 7 páginas
  • Alegações finais - roubo
    1168 palavras | 5 páginas
  • alegações finais
    524 palavras | 3 páginas
  • Modelo de alegações finais
    1417 palavras | 6 páginas
  • Alegações finais memorial
    1642 palavras | 7 páginas
  • Alegaçoes finais crime de estelionato
    578 palavras | 3 páginas
  • alegacoes finais
    1062 palavras | 5 páginas
  • alegações finais
    1567 palavras | 7 páginas