Alma e Razão como fomentador na sociedade

1400 palavras 6 páginas
Introdução

1. Apresentação

O presente trabalho consiste na apresentação dos resultados de uma pesquisa sobre a visão perante a sociedade sobre a Alma, Alma e Razão, Razão e Religião, Papel da Religião na Sociedade, Ciência descobre a Alma e Ciência e a Sociedade, está pesquisa define a abordagem e o conceito de cada aspecto, assim o presente trabalho compõe-sede, além da introdução de oito tópicos, incluindo a conclusão.

2. Alma

A palavra alma assumiu especial importância no contexto religioso onde significa a parte espiritual, imaterial e eterna do Homem e, em determinadas religiões, de tudo o que está vivo. Deste conceito de alma, e mais no âmbito da estética, deriva um outro e que designa a alma como o espírito que anima qualquer coisa, dando-lhe o poder de pensar e sentir tornando-a semelhante a um ser vivo.
Em termos filosóficos, a alma surge primeiro como o princípio da organização do ser vivo, sendo utilizada para explicar a complexidade da vida e para articular as diversas funções vitais. Aristóteles, por exemplo, em "Da Alma" explora detalhadamente o conceito e estuda as suas diversas manifestações e funções nos seres vivos, apresentando essas manifestações numa espécie de hierarquia. No topo desse hierarquia, apenas aplicável ao Homem, a alma tem uma função "intelectiva", a qual conduz a um sentido espiritual e metafísico, surgindo assim como a verdadeira essência do Homem, aquilo que

Relacionados

  • A Razão e a Alma como Fomentadores da Ação em Sociedade.
    10380 palavras | 42 páginas
  • A ética de friedrich nietzsche
    7043 palavras | 29 páginas
  • Alienação PArental
    13963 palavras | 56 páginas
  • Dos atos infracionais e das medidas socioeducativas aplicadas
    12982 palavras | 52 páginas