América Latina – Militarismo e ditaduras

991 palavras 4 páginas
América Latina – Militarismo e ditaduras Militarismo na América Latina

Entre os anos 1930 e 1960, ampliou-se o chamado populismo na América Latina.
Representativos dessa politica foram:

Lázaro Cárdenas (México)
Victor Paz Estenssoro (Bolívia)
Juan Domingo Perón (Argentina)
Getúlio Vargas (Brasil)
O apelo direto às massas pelos populistas mobilizava multidões, provocando um clima de demandas sociais e politicas, e tendia a gerar instabilidade social e politica.
As organizações de esquerda viam, nesse clima agitado, o prenuncio de “revoluções socialistas” que salvariam os países. Criavam-se graves impasses políticos entre as regras constitucionais vigentes e as aspirações de mudanças. O desfecho desse tipo de crise desembocava em regimes militares. Os militares executavam golpes de Estado e justificavam-nos dizendo que seu objetivo era extinguir a corrupção, a inflação e acabar com as agitações comunistas.

Dos anos 1960 a 1980, presenciou-se a implantação, apogeu e declínio dos regimes militares na maioria dos países da América Latina. Os militares, assim como os líderes populistas, tendiam a ver o Estado como elemento neutro, não partidário, que patrocinaria e realizaria as tão almejadas mudanças para a solução das crises do país. No entanto, quanto mais poderoso o Estado, maiores são as possibilidades de corrupção e mau uso do dinheiro público, aumentando os déficits públicos, a emissão de dinheiro, a divida externa e

Relacionados

  • A invenção da américa latina
    839 palavras | 4 páginas
  • Resenha A América latina na época colonial Schuartz e Lockhart
    571 palavras | 3 páginas
  • America latina
    1197 palavras | 5 páginas
  • Industrialização tardia - asia africa e america latina
    3520 palavras | 15 páginas
  • Processos de independência e formação territorial na América latina
    1924 palavras | 8 páginas
  • America latina e o giro decolonial
    10767 palavras | 44 páginas
  • resumo psicologia jurídica no brasil e na América latina
    1364 palavras | 6 páginas