Ambienal

315 palavras 2 páginas
A empresa Norte de Papel e Celulose S/A sempre investiu muito na realização de melhorias em seus sistemas de preservação do meio ambiente, dispondo de uma robusta Estação de Tratamento de Efluentes, de um eficiente e premiado programa de reflorestamento, de potentes filtros com catalisadores e ação de despoluentes dos resíduos gasosos, além de uma política de conscientização e de distribuição gratuita de mudas de diversas plantas para a comunidade.
Entretanto, nos últimos 5 (cinco) anos, esta preocupação passou a ter menos relevância no plano de investimentos da empresa. Isto ocorreu em função da necessidade de aumentar a produção, dado o aumento da carteira de clientes, o que implicou a ampliação do parque de máquinas, o reforço no sistema de distribuição, e a criação de uma infra-estrutura de exportação mais qualificada.
Paulatinamente, a Empresa Centro Norte desenvolveu novas tecnologias na produção de papel, conquistando novos mercados, tornando-se ainda mais lucrativa e competitiva no segmento e satisfazendo aos acionistas. Contudo, sua política de preservação ambiental acabou definitivamente relegada, tendo sido os investimentos já realizados considerados mais que suficientes, além de, tacitamente, serem tratados como custos elevados e desnecessários neste momento de crescimento de empresa. Uma falha no sistema de tratamento de efluentes permitiu o vazamento de resíduos químicos para um rio piscoso, o qual servia de suporte ao abastecimento de água potável das

Relacionados