Análise da introdução e capítulo 1 do livro metodologia das ciências sociais

1409 palavras 6 páginas
Escola Superior de Estudos Industriais e de Gestão
Licenciatura em Recursos Humanos
Introdução às Ciências Sociais – 1ºSemestre
Ano Lectivo 2011/2012

André Filipe Figueiredo Oliveira
9110266
andreoliveira@eu.ipp.pt

21 de outubro de 2011

Silva, A. S. e Pinto, J. M. (1990). “Introdução Uma visão global sobre as ciências sociais”, in Silva, A. S. e Pinto, J. M. (orgs.) Metodologia das Ciências Sociais. Porto: Edições Afrontamento, 4º Edição, pp 9-27 | Conceito | Descrição | Palavras-Chave | Conhecer | “ conhecimento não é um estado mas sim um processo-processo complexo de adaptação ativa e criadora do homem ao meio envolvente.” (Pág. 10) | Conhecer e intelectual | Inteligência | “ O conjunto de estruturas cognitivas de que cada organismo dispõe em cada fase do seu desenvolvimento- é a que chamamos inteligência-é progressivamente construído através da sua ação. A inteligência não é “contemplativa” mas “ transformadora”, operatória, sendo as operações intelectuais ações interiorizadas e coordenadas estruturalmente… “ (Pág. 10) | Estruturas cognitivas, transformadora | História das ciências | “ A história das ciências não se pode resumir à narrativa ou ate à crítica retrospetiva de ideias, descobertas ou invenções; é uma reconstrução analítica do desenvolvimento das condições internas da investigação científica (dos princípios, meios, e resultados teóricos)E das suas condições socias…” (Pág.11) | Condições internas da investigação científica,

Relacionados