Análise do filme Mais Estranho que a Ficção

1335 palavras 6 páginas
1 INTRODUÇÃO

Está analise consiste em avaliar os mecanismos de defesas presentes no filme “Mais estranho que a ficção”.
Mecanismos de defesa são diferentes tipos de operações nas quais a defesa psíquica é utilizada para reduzir qualquer manifestação que possa colocar o nosso ego em perigo, onde a pessoa não consegue lidar com algumas situações e por esse motivo acabe as considerando perigosas. A base dos nossos mecanismos de defesa são as angústias e medos, quanto mais angustiados e amedrontados estivermos, mais rápido os mecanismos de defesa são ativados.
No filme “Mais estranho que a ficção” podemos perceber uma batalha de vozes estabelecidos entre o narrador e o personagem principal na qual sustenta a base do filme e é através
…exibir mais conteúdo…
Em diversas partes do filme, a personagem tenta vivenciar diferentes tipos de morte e justifica isso dizendo que estas atitudes a ajudam a encontrar a forma ideal para acabar com a vida do protagonista do seu livro. Com isso tenta esconder sua depressão e sua forte vontade de acabar com sua própria vida.
Essas tais “explicações” utilizadas pela autora não são simples mentiras, ela não pretende enganar os outros com isso, simplesmente não está consciente

Relacionados

  • Análise do filme 'um estranho no ninho'
    2227 palavras | 9 páginas
  • Analise do filme Laranja Mecânica
    1640 palavras | 7 páginas
  • Analise do filme nell
    968 palavras | 4 páginas
  • Resenha: mais estranho que a ficção
    486 palavras | 2 páginas
  • Análise Estética do Filme: Tatuagem
    2020 palavras | 9 páginas
  • Análise psicológica do filme "Um estranho no ninho"
    372 palavras | 2 páginas
  • UMA ANÁLISE DO “COMPLEXO DE ÉDIPO” NO FILME “OHOMEM QUE AMAVA AS MULHERES”
    2487 palavras | 10 páginas
  • Resumo do filme um estranho no ninho
    1395 palavras | 6 páginas
  • Análise do filme inconsciente
    5384 palavras | 22 páginas