Análise do obra “edipo rei”, de sófocles

999 palavras 4 páginas
Análise do obra “Edipo Rei”, de Sófocles

I- Aspecto Teórico

1- Apresente o Aspecto biográfico de Sofocles, o Autor do texto de estudo.
R: Famoso teatrólogo trágico grego, natural de Colona, na Ática, perto de Atenas, Filho de um rico fabricante de armas e armaduras, recebeu a mais fina educação, principalmente na parte artística, onde demonstrava talento musical. 2- Como se dá apresentação da trama?
R: A apresentação se da através do prólogo que apresenta a obra de Sófocles traz em si uma história emblemática da condição humana, onde os deuses são o cerne da vida na Terra. 3- Em que momento inicia a complicação dos fatos e onde ocorre o clímax?

R: A complicação começa no momento em que Édipo envia Creonte,
…exibir mais conteúdo…
R: Édipo, filho de Lion e Jocasta, foi enviado para a morte pelo seu próprio pai, quando criança, pois para Lion foi revelado que seu filho o mataria e com sua esposa se deitaria, através de um servo mandou matar seu filho, para que a profecia não se cumprisse, ato não realizado pelo seu servo. Édipo voltou a Tebas fugindo do seu destino, pois a ele também foi revelado que mataria s eu pai e se e com sua mãe teria filhos, retornou e encontrou Lion e o matou sem saber que era seu pai, decifrou o enigma da esfinge e tornou-se rei de Tebas, casou-se com Jocasta e com ela teve filhos.

2- Quem é Tirésias e qual a sua importância no enredo, o que diz que irrita o rei?

R: Tirésias, um velho profeta cego e que de tudo sabe através do canto e do vôo dos pássaros. A sua importância é a revelação dos fatos que ocorre. Este, porém, não quer falar sobre o acontecido, já que tal revelação poderia trazer mais infelicidade, principalmente para o rei. Após muitas ameaças do rei, Tirésias diz que o assassino é o próprio rei.

3 – Depois de Expulsar Tirésias, quem entra em cena?

R= Após o rei expulsar Tirésias entra em cena o coro.

4- O que sugere o coro?

R= “A nosso ver, ó Rei, tanto tuas palavras, como as de Tirésias, foram inspiradas pela cólera. Ora, não se trata agora de julgar esses debates; o que urge é dar cumprimento ao oráculo de Apolo.”

5- O que diz Jocasta?

R: Ela, porém, diz para Édipo não se preocupar com adivinhações, pois

Relacionados

  • Édipo rei análise filosófica
    7569 palavras | 31 páginas
  • Análise de “édipo rei” de sófocles à luz dos pressupostos de aristóteles, em sua “arte poética”
    2014 palavras | 9 páginas
  • A tragédia grega.
    1815 palavras | 8 páginas
  • Resenha sobre A Verdade e as Formas Jurídicas, de Michel Foucault
    2406 palavras | 10 páginas
  • analise de Édipo Rei
    1907 palavras | 8 páginas
  • Metáfora paterna
    4309 palavras | 18 páginas
  • A família em desordem - resenha
    5088 palavras | 21 páginas
  • Resumo do Capítulo 22 - Luzes e sombras. Freud e o advento da psicanálise
    905 palavras | 4 páginas
  • Filosofando
    4590 palavras | 19 páginas