Análise dos estudos de riscos ambientais nas atividades petrolíferas offshore no âmbito da gestão ambiental.

4793 palavras 20 páginas
XII SIMPEP - Bauru, SP, Brasil, 7 a 9 de Novembro de 2005

Análise dos estudos de riscos ambientais nas atividades petrolíferas offshore no âmbito da gestão ambiental.
Luiz Antônio de Oliveira Chaves (UFF-LATEC) luizchaves@gmail.com Fernando Benedict Mainier (UFF-LATEC) mainier@nitnet.com.br

Resumo Este artigo analisa os estudos de Análise de Risco Ambiental (ARA) no processo de licenciamento das atividades petrolíferas offshore após a abertura do mercado de petróleo, e a importância desta técnica na Gestão Ambiental para a condução dos Estudos Ambientais no Brasil. São apresentados os conceitos de análise risco tecnológico para avaliação em empreendimentos, e a discussão da aplicação da Análise Quantitativa de Risco (AQR) em 6 países da Europa e no Canadá, para verificação dos procedimentos fundamentais da análise de perigos. Também é realizada uma análise geral da estrutura dos estudos de riscos e técnicas realizados por alguns órgãos estaduais de meio ambiente no país, para comparação com os procedimentos adotados no âmbito federal. Para fundamentação do conceito de ARA são discutidas as diversas formas de análise sendo verificado a necessidade da definição métodos e critérios de aceitabilidade. É observado que o processo de avaliação do risco ambiental não atende os requisitos metodológicos mais básicos, apesar dos Estudos de Impactos Ambientais (EIA) contemplar os principais requisitos para desenvolvimento de estudos de gerenciamento de risco.

Relacionados

  • IMPACTO AMBIENTAL NAS CONSTRUÇÕES DOS ESTALEIROS NAVAIS
    7266 palavras | 30 páginas
  • O discurso do alcoolismo na música de forró eletrônico: um estudo à luz da análise do discurso
    10651 palavras | 43 páginas
  • Análise da necessidade de reestruturação organizacional na gestão de processos e layout humano no instituto brasília ambiental – ibram
    1719 palavras | 7 páginas
  • "Neuromarketing: Uma análise crítica das aplicações do neuromarketing nas áreas da comunicação empresarial e de marketing. Estudo empírico
    19535 palavras | 79 páginas
  • Gestão ambiental no varejo: um estudo das práticas de logística reversa em supermercados de médio porte
    2785 palavras | 12 páginas
  • Estudo de Impacte Ambiental Supermercado
    17800 palavras | 72 páginas
  • Sustentabilidade Ambiental na Industria de Petróleo & Gás
    8259 palavras | 34 páginas
  • Descarte de medicamentos e análise de risco ambiental
    12704 palavras | 51 páginas
  • INDICADORES DE RISCOS AMBIENTAIS
    3255 palavras | 14 páginas