Análise sobre a comicidade em "A Cantora Careca" de Eugene Ionesco

3604 palavras 15 páginas
Sobre A Cantora Careca

A peça A cantora careca, do autor francês Eugène Ionesco, é considerada como uma das primeiras obras do chamado teatro do absurdo, que foi uma tendência estética teatral surgida na segunda metade do século XX. A peça é uma comédia em três atos, embora o próprio autor a classificasse como uma anticomédia, o que faz sentido já que a peça faz parte de um movimento de antiteatro, como é também chamado o teatro do absurdo.
O texto de A cantora careca destaca-se pelo seu surrealismo verbal, diálogos sem sentido, inseridos em uma realidade que se “assemelha” à nossa. A comicidade do texto, já é naturalmente provocada por esse non-sense, que a cada momento surpreende o leitor, e o possível espectador, com o absurdo das situações apresentadas. O autor consegue por meio do “exagero” das situações, isolar características que identificamos e associamos com a nossa realidade. O vazio dos diálogos, as formalidades sem sentido, as futilidades, as contradições, a falta de personalidade dos personagens, os clichês e a mecanização do corpo humano, tanto em frases que se repetem, como em gestos e reações automáticas, são características e atitudes que rapidamente associamos. O mais interessante talvez, é o que essas atitudes aparentemente vazias denunciam, quando inconscientemente empatizamos com essas criaturas.
Talvez a grande chave da comicidade gerada pela peça de Ionesco resida justamente nesse ponto, os seres ali presentes, são nada mais nada menos do que

Relacionados

  • Análise de falhas em máquinas
    1974 palavras | 8 páginas
  • Análise da Ação das Descontinuidades Sobre a Estabilidade de Escavações em Rochas
    891 palavras | 4 páginas
  • A cantora careca ( texto para teatro)
    3183 palavras | 13 páginas
  • Artigo analise sobre 5 forças de porter
    2050 palavras | 9 páginas
  • Trabalho de analises farmacopeicas sobre fenitoina
    5635 palavras | 23 páginas
  • Análise sobre a resolução de problemas em livro didático no ensino de Física
    1450 palavras | 6 páginas
  • Análise de vibração em rolamentos
    2080 palavras | 9 páginas
  • analise de metaforas em propagandas
    2750 palavras | 11 páginas
  • Análise de músicas sobre o tema colonização
    2163 palavras | 9 páginas