Analise

863 palavras 4 páginas
ANÁLISE
Monumenta Erphesfurtensia saec. XII. XIII. XIV.
HERAUSGEGEBEN von Oswald Holder-Egger, 1899; pág. 379- 380

O documento analisado é um fragmento do Monumenta Erphesfurtensia e trata, sobretudo do episódio envolvendo a perseguição de judeus na região onde é atualmente a Alemanha, no período da baixa Idade Média. Período de crise na Europa, de catástrofes naturais, da fome e morte generalizada. Na qual se destaca a peste negra, que dizimou um terço da população do velho continente.
Semelhantes hecatombes não deixam de suscitar na população alguma perturbação e superstição, que procurou motivos e um responsável pelas desgraças... Como a culpa sempre recai sobre a minoria, dessa vez não foi diferente.... E os judeus mais uma vez na historia foram acusados, dessa vez de poluir as fontes e os poços através de substâncias venenosas. Em tal acusação podemos ver atrelado o imaginário da figura judaica, nessa sociedade, com o mal e como causadora de malefícios ao rebanho de Cristo, sendo o judeu o agente do próprio diabo. O mais interessante é que nosso autor não acredita inteiramente nesse fato (de que os judeus poluíram os poços e fontes) tanto que ele diz que ´´ o rumor publico afirmava´´ e mais abaixo ´´ não sei se é verdade ´´ . Entretanto se ele não tem certeza da culpa dos judeus, não há duvida alguma quanto a sua procedência e seu destino; ´´ que descansem no inferno ´´ e ´´ .... deram- se a morte.... como numa busca de purificação ´´ deixa evidente que o judeu

Relacionados

  • Analise
    4729 palavras | 19 páginas
  • ANALISE
    1477 palavras | 6 páginas
  • Analise
    1248 palavras | 6 páginas
  • Analise empresarial
    1675 palavras | 7 páginas
  • Analise
    2137 palavras | 9 páginas
  • analise
    1073 palavras | 5 páginas
  • analise ferrografica
    2051 palavras | 9 páginas
  • análise bioenergética
    1638 palavras | 7 páginas