Apostila de cromatografia

2900 palavras 12 páginas
CEFET Quím ica – Analise Instrumental Apostila de Cromatografia em Fase Gasosa

2003

SUMÁRIO

A. INTRODUÇÃO

B. O QUE É A CROMATOGRAFIA EM FASE GASOSA

C. PARÂMETROS CROMATOGRÁFICOS

D. DETECTORES

E. MÉTODOS QUANTITATIVOS

F. BIBLIOGRAFIA

CEFET Química – RJ – Análise Instrumental Apostila de Cromatografia em Fase Gasosa

2003

A. INTRODUÇÃO A cromatografia faz parte de um importante grupo de métodos de separação, que nos permite separar, isolar, identificar e quantificar substâncias, mesmo em misturas muito complexas. Existem várias técnicas cromatográficas, que vão das mais simples, como a cromatografia sobre papel, até as mais sofisticadas e computadorizadas, como a cromatografia líquida de alta eficiência
…exibir mais conteúdo…
Como o nome denota, a cromatografia gasosa (CGS ou CGL) é aquela em que a fase móvel é um gás e a estacionária, um sólido ou um líquido. Na CGS a fase estacionária é um sólido com grande área superficial, enquanto que na CGL ocorre partição dos componentes de uma amostra entre uma fase móvel gasosa e uma camada delgada de um líquido não volátil que recobre um suporte sólido inerte. As principais características dessas técnicas (CGS ou CGL) são as seguintes: I. A fase móvel é um gás quimicamente inerte.

3

CEFET Química – RJ – Análise Instrumental Apostila de Cromatografia em Fase Gasosa

2003

II. Nas condições cromatográficas escolhidas para a análise só é possível analisar substâncias voláteis (ou derivados voláteis gerados a partir de reações químicas apropriadas). A função do gás usado como fase móvel é apenas a de carrear os componentes da amostra através da coluna, sem participar dos processos de interação. Por este motivo é chamado gás de arraste. Exemplos de gases mais utilizados em CG são o He, H2 e o N2 . Na figura abaixo observa-se os principais componentes de um Cromatógrafo a Gás.

Fig. 2 - Esquema de um cromatógrafo a gás.

O gás de arraste passa através de um regulador de pressão e penetra no injetor de amostra,

Relacionados

  • Química orgânica - relatório de cromatografia de camada delgada e adsorção
    1306 palavras | 6 páginas
  • relatório organica 2 cromatografia em coluna UFMG
    1306 palavras | 6 páginas
  • Estudo Físico-Químico das Proteínas
    1307 palavras | 6 páginas
  • Sintese e purificação da Ciclo-hexanona-oxima
    1764 palavras | 8 páginas
  • Coeficiente de participação agua/oleo
    1755 palavras | 8 páginas
  • Analise de insalubridade do formaldeido em uma fundição
    3610 palavras | 15 páginas
  • Fotossintese
    3965 palavras | 16 páginas
  • Relatorio de quimica, ponto de fusão
    1974 palavras | 8 páginas
  • Farmacognosia
    7249 palavras | 29 páginas