Aquiles resumo

943 palavras 4 páginas
A antiga e rica lenda de Aquiles ilustra a assertiva de que "os eleitos dos deuses morrem jovens", já que o herói preferiu uma vida gloriosa e breve a uma existência longa, mas rotineira e apagada.
Aquiles era filho de Tétis (a ninfa marinha, e não a deusa do oceano) e de Peleu, rei dos mirmidões da Tessália. Ao nascer, a mãe o mergulhou no Estige, o rio infernal, para torná-lo invulnerável. Mas a água não lhe chegou ao calcanhar, pelo qual ela o segurava, e que assim se tornou seu ponto fraco
- o proverbial "calcanhar de Aquiles". Segundo uma das lendas, Tétis fez Aquiles ser criado como menina na corte de Licomedes, na ilha de
Ciros, para mantê-lo a salvo de uma profecia que o condenava a morrer jovem no campo de
…exibir mais conteúdo…
Porém, ao mergulhá-lo, segurou-o pelo tendão de um dos calcanhares (o tendão de Aquiles). Assim, esta parte ficou vulnerável, podendo levá-lo à morte. Essa versão parece ser recente: não é conhecida de Homero, nem mencionada por Ovídio.
Na versão original, é a armadura de Aquiles que é invulnerável, sendo a parte do calcanhar naturalmente desprotegida. Posteriormente a história se desenvolveu por metonímia, transformado-se o corpo todo do herói em invulnerável, o que faz pouco sentido no contexto da lenda.
Um oráculo disse que, se Aquiles fosse a Tróia, morreria lá. Sua mãe escondeu-o na corte de Licomedes em Scyrus disfarçado de mulher. Lá teve um romance com Deidamia resultando numa criança, Neoptolemo. Foi descoberto pelo rei Odisseu de Ítaca disfarçado de vendedor ambulante de bugigangas e armamentos. Foi desmascarado por um toque de trombeta quando se viu compelido a não se acovardar e tomar a lança de um atacante. Daí precisou de pouca coisa para decidir ir a Tróia.

A guerra

Aquiles derrota Heitor

Aquiles é uma das duas únicas pessoas na Ilíada descritas como semelhante a um deus, não só pela sua capacidade superior de luta mas pela atitude. Mostrava uma completa e total devoção pela excelência de sua arte e, como um deus, nenhum respeito pela vida. Seu modo de pensar era com relação se a morte fosse rápida desde que gloriosa e não como qualquer morte. Sua cólera era absoluta. A humanização de Aquiles nos episódios da guerra

Relacionados

  • Etica
    1240 palavras | 5 páginas
  • Iliada e odisseia
    5129 palavras | 21 páginas
  • Etica para um jovem
    1228 palavras | 5 páginas
  • Modelo de relatório acadêmico
    501 palavras | 3 páginas
  • O líder como agente motivador.
    1388 palavras | 6 páginas
  • Reflexos no homem
    2455 palavras | 10 páginas
  • Reflexos somáticos do homem
    2154 palavras | 9 páginas
  • Redução de horas extras na manutenção industrial: um estudo utilizando a metodologia seis sigma em uma unidade petroquímica
    2747 palavras | 11 páginas
  • Dinamicas de grupo e educação ambiental
    3704 palavras | 15 páginas
  • Crítica: “apologia de sócrates”
    1295 palavras | 6 páginas