Arbovírus

4264 palavras 18 páginas
UNIVERSIDADE DO ESTADO DO AMAZONAS
MICROBIOLOGIA

ARBOVIRUS

ANDRÉ DE MORAES VERAS
ODONTOLOGIA 3º
TURMA 3

Manaus, 2011

I. INTRODUÇÃO II. PROPRIEDADE DOS VIRUS III. PATOGENESE E CARACTERISTICAS CLINICAS IV. EPIDEMIOLOGIA V. DIAGINOSTICO LABORATORIAL VI. TRATAMENTO VII. PREVENÇÃO E CONTROLE VIII. FEBRE AMARELA IX. DENGUE X. HANTAVIRUS XI. ARENAVIRUS XII. FILOVIRUS XIII. TOGAVIRUS XIV. REFERENCIAS

I. INTRODUÇÃO

Arbovírus é uma denominação criada em 1942 para agrupar agentes etiológicos causadores de patologias de sintomatologia variada; estes agentes são assim designados por serem transmitidos por um vetor específico do filo Arthropoda, geralmente mosquitos hematófagos, que transmitem esses vírus para o homem. Cerca de 50 espécies de arbovírus foram classificadas como patógenas a seres humanos, assumindo que cerca de 500 espécies compõem este grupo, das quais 200 são vetoriadas por mosquitos. As doenças causadas por estes agentes são em maior incidência encefalites virais, Dengue, Febre Amarela, Mayaro e Meningite. Apesar desta denominação, o termo não é empregado como classificação taxonômica, pois vírus de diferentes ordens e famílias compõem este grupo, não compartilhando de características filogenéticas totalmente comuns.

Relacionados

  • Doenças virais no brasil
    1688 palavras | 7 páginas
  • Descobertas do vírus, tipos de vírus, doenças virais, estudo das vacinas e dst's
    3158 palavras | 13 páginas
  • Dengue
    1033 palavras | 5 páginas
  • Plano de aula sobre Dengue
    904 palavras | 4 páginas
  • doenças imunopreviniveis
    1303 palavras | 6 páginas
  • Doenças causadas por vírus
    1228 palavras | 5 páginas
  • dermatoviroses
    1288 palavras | 6 páginas
  • Número Avogrado
    837 palavras | 4 páginas
  • Doenças preveníveis mediante vacinação
    1809 palavras | 8 páginas
  • biologia
    1777 palavras | 8 páginas