Arranjo e descrição de documentos arquivísticos

5907 palavras 24 páginas
ARRANJO E DESCRIÇÃO DE DOCUMENTOS ARQUIVÍSTICOS

AUTORES:

Denise Molon Castanho, molon63@yahoo.com.br Olga Maria Correa Garcia, ogarcia@smail.ufsm.br Rosani Beatriz Pivetta da Silva, rosani@smail.ufsm.br Universidade Federal de Santa Maria, Departamento de Documentação, Av.Roraima,1000, prédio 74, sala 2147, Campus Universitário, CEP. 97105­ 900, Bairro Camobi. Santa Maria, RS, Brasil, fone: (55) 3220 9255, fax: (55) 3220 9256.

INTRODUÇÃO A Universidade Federal de Santa Maria (UFSM), por meio de arquivistas da Divisão de Arquivo Geral, acadêmicos do Curso de Arquivologia e professores do Departamento de Documentação, conscientes da necessidade de implantação de políticas de gestão de arquivos vêem desenvolvendo trabalhos conjuntos,
…exibir mais conteúdo…

No quadro, diferentes órgãos foram considerados como fundos pela compreensão de que os mesmos deveriam criam um fundo de arquivo próprio, não devendo os documentos de um mesclar-se aos de outro órgão, evitando-se assim trabalhar com grandes massas documentais em cada fundo, visando facilitar a descrição. Os fundos foram fixados considerando o princípio orgânico­ estrutural, de acordo com o qual os documentos produzidos nas unidades de primeira escala hierárquica da estrutura constituem fundos e a denominação dos mesmos coincide com o da respectiva unidade (CASTANHO et al. 2001). Cada um dos fundos apresentados documentais possui uma estrutura própria, cabendo um sistema de arranjo específico a ser discriminado.

Assim, a análise da evolução administrativa do Centro de Ciências Sociais e Humanas foi determinante para o estabelecimento do Fundo Documental Centro de Ciências Sociais e Humanas (FN), formado pelos grupos documentais também apresentados na obra de CASTANHO et al. (2001, p.40-42): No contexto dessa obra priorizou-se trabalhar com o Grupo Documental Departamento de Documentação e o Grupo Documental Curso de Arquivologia, considerando a facilidade de acesso aos dados necessária para o planejamento do sistema de arranjo, bem como para sua aplicação. Os resultados apresentados têm como finalidade servir de parâmetro aos demais Centros de Ensino da UFSM, ressalvando-se as peculiaridades de cada órgão. A partir do exposto, considerando as políticas

Relacionados

  • Resenha Crítica de "A CLASSIFICAÇÃO COMO FUNÇÃO MATRICAL DO QUE -FAZER ARQUIVÍSTICO", de Renato Tarcíso Barbosa de Souza
    1103 palavras | 5 páginas
  • DIGITALIZAÇÃO DE DOCUMENTOS EM ARQUIVOS PÚBLICOS MUNICIPAIS: PRESERVAÇÃO DO ACERVO E A LEI DE ACESSO À INFORMAÇÃO
    3471 palavras | 14 páginas
  • Gestão de documentos na organização e recuperação da informação: estudo de caso “vale moçambique”
    6603 palavras | 27 páginas
  • Arquivamento de documentos
    4455 palavras | 18 páginas
  • Para compreender saussoure
    6474 palavras | 26 páginas
  • A IMPORTÂNCIA DA GESTÃO ELETRÔNICA DE DOCUMENTOS NA DIMINUIÇÃO DA MASSA DOCUMENTAL
    6020 palavras | 25 páginas