Artigos cientificos sobre os anabolizantes

6871 palavras 28 páginas
ARTIGO DE REVISÃO

Esteróides anabolizantes no esporte
Paulo Rodrigo Pedroso da Silva1, Ricardo Danielski2 e Mauro Antônio Czepielewski1

RESUMO Os hormônios esteróides anabólicos androgênicos (EAA) compreendem a testosterona e seus derivados. Eles são produzidos nos testículos e no córtex adrenal, e promovem as características sexuais secundárias associadas à masculinidade. Na medicina, os EAA são utilizados geralmente no tratamento de sarcopenias, do hipogonadismo, do câncer de mama e da osteoporose. Nos esportes, são utilizados para o aumento da força física e da massa muscular; entretanto, os efeitos sobre o desempenho atlético permanecem, ainda, controversos. Os EAA podem causar diversos efeitos colaterais, como psicopatologias,
…exibir mais conteúdo…
8, Nº 6 – Nov/Dez, 2002

235

estimulante), que estimula a gametogênese, bem como a liberação de LH (hormônio luteinizante), que no sexo masculino é também denominado ICSH (hormônio de estimulação de célula intersticial). O ICSH estimula a secreção de androgênios9,10. A síntese dos hormônios androgênios dá-se a partir do colesterol. Este irá formar, após sucessivas oxidações, a pregnenolona. A pregnenolona é o principal precursor dos hormônios esteróides. Durante a conversão da pregnenolona à testosterona, ocorre a formação de desidroepiandrosterona (DHEA) e de androstenediona1. No homem, as células de Leydig constituem, praticamente, a única fonte de testosterona. Os testículos secretam, também, só que em quantidades menores, o DHEA e o androstenediol, bem como quantidades muito pequenas de 5-α-diidrotestosterona (DHT). Dentre os esteróides androgênicos sintetizados pela supra-renal, podemos destacar a DHEA e a androstenediona. Todos esses androgênios são posteriormente convertidos em testosterona no fígado8,10. No homem adulto normal, a concentração plasmática de testosterona varia de 300 a 1.000ng/dl e a taxa de produção diária está entre 2,5 e 11mg. Quarenta por cento da testosterona circulante ligam-se a uma proteína plasmática denominada proteína ligante do hormônio sexual, aproximadamente 2% estão livres, sendo que o restante está associado à albumina e outras proteínas

Relacionados

  • Os efeitos fisiológicos dos esteroides anabolizantes
    6275 palavras | 26 páginas
  • Drogas licitas
    12847 palavras | 52 páginas
  • Controle de dopagem no esporte: aspectos químicos e farmacológicos que afetam a detecção de drogas no cabelo
    8141 palavras | 33 páginas
  • Dispensação de Medicamentos
    15560 palavras | 63 páginas
  • A psicopedagogia e as drogas
    1735 palavras | 7 páginas
  • Relatório de estágio em medicamentos
    4353 palavras | 18 páginas
  • Saúde e Meio Ambiente
    2460 palavras | 10 páginas
  • À BUSCA DE UM CORPO PERFEITO: O LIMITE ENTRE A ESTÉTICA E A SAÚDE
    5037 palavras | 21 páginas
  • Limpeza de pele
    4259 palavras | 18 páginas
  • A busca pelo corpo perfeito
    4718 palavras | 19 páginas