As bases epistemológicas da categoria identidade estão especialmente em Habermas

1547 palavras 7 páginas
As bases epistemológicas da categoria identidade estão especialmente em Habermas, mas também a menções a Hegel, Bosi e Stanislaviski.
Para Ciampa (ibid.) identidade é metamorfose, um processo de constituição do eu que promove constantes mudanças pelas condições sociais e de vida que o indivíduo está inserido. Nas palavras de Ciampa (ibid., pp. 241-242)
[...] identidade é identidade de pensar e ser (...). O conteúdo que surgirá dessa metamorfose deve subordinar-se ao interesse da razão e decorrer da interpretação que façamos do que merece ser vivido. Isso é busca de significado, é invenção de sentido. É autoprodução do homem. É vida.
No processo de constituição da identidade, os papéis que o indivíduo assume ao longo de sua vida fazem parte de sua construção, partindo de uma identidade pressuposta (o que o outro ou a própria pessoa idealizava em relação ao desempenho daquele papel), a vivida e a que será vivida enquanto projeto de vida. Assim, a identidade é posta e reposta continuamente, pois o indivíduo vivencia ao mesmo tempo vários papéis, o que o torna um personagem da vida, que sempre se metamorfoseia de acordo com as condições históricas e sociais a que está submetido (ibid.).
Em cada momento da minha existência, embora eu seja uma totalidade, manifesta-se uma parte de mim como desdobramento das múltiplas determinações a que estou sujeito. Quando estou frente a meu filho, relaciono-me como pai; com meu pai, como filho; nunca compareço frente aos outros apenas como

Relacionados

  • O poder da identidade
    2550 palavras | 11 páginas
  • CAMINHO GRANDE (SÃO LUÍS-MA) NO JOGO DAS IMAGENS SIMBÓLICAS EM BUSCA DE SUA IDENTIDADE
    854 palavras | 4 páginas
  • Exercicios bases computacionais da ciencia
    552 palavras | 3 páginas
  • categoria da Narrativa
    1020 palavras | 5 páginas
  • Análise de categoria - sabão em pó 2009
    1143 palavras | 5 páginas
  • Categorias da (crítica da) economia política - resumo
    2868 palavras | 12 páginas
  • A construção da identidade social
    4500 palavras | 19 páginas
  • Habermas conhecimento e interesse
    1802 palavras | 8 páginas
  • O poder da identidade. i n: paraísos comunais: identidade e significado na sociedade em rede.
    1003 palavras | 4 páginas