As características dos seguintes modos de produção: fordismo, taylorismo, keynesianismo:

1241 palavras 5 páginas
As Características dos seguintes modos de produção: Fordismo, Taylorismo, Keynesianismo:

A partir da segunda metade do século XX iniciaram-se intensos debates, os quais se discutiam do processo de trabalho ao tipo de educação para o trabalho, ou seja, as transformações do “mundo do trabalho” a partir de suas caracterizações na produção. Logo, é nesse período que se desenvolveram tecnologias que revolucionaram o modelo de indústria, a indústria metal- mecânica a robótica.
Contudo, a partir dessa ampliação tecnológica existiu a necessidade de desenvolver métodos de produção, os quais servem para o avanço das forças produtivas e os modelos para formação/qualificação da classe operária. Assim, sendo desenvolvidos métodos de controle do processo de trabalho para acrescentar a dinâmica de acumulação do capital, como o fordismo, o taylorismo e o keynesianismo.

Fordismo:
Os princípios fordistas foram gerados logo após a Primeira Guerra Mundial, pois demandou uma expansão da produção industrial, forçando a criação de novas racionalizações dos processos produtivos que propiciassem a produção em série. Este modelo de organização do trabalho foi desenvolvido pelo norte- americano Herry Ford, em 1914, para sua indústria de automóvel, que seria a sistematização do trabalho mecanizado, com padronização de uma linha de montagem. Tendo como principal objetivo reduzir os custos de produção, barateando o produto.
O fordismo baseou-se destas mudanças no interior da fabrica, com

Relacionados

  • Modos de produção
    8931 palavras | 36 páginas
  • Conceitos de fordismo
    2451 palavras | 10 páginas
  • Fordismo, Toyotismo e Keynesianismo
    1156 palavras | 5 páginas
  • Fichamento do texto: Relações Públicas no modo de Produção Capitalista Autora: Cicilia Krohling Peruzzo
    1089 palavras | 5 páginas
  • Taylorismo, Fordismo, Toyotismo e Reestruturação Produtiva
    2341 palavras | 10 páginas
  • O modo de produção capitalista: a exploração do trabalho
    1241 palavras | 5 páginas
  • taylorismo e fordismo
    1063 palavras | 5 páginas
  • O modo de produção capitalista:a exploração do trabalho
    3386 palavras | 14 páginas
  • Fordismo, taylorismo e toyotismo
    1842 palavras | 8 páginas