As origens da literatura brasileira

3890 palavras 16 páginas
As origens da literatura brasileira
A literatura brasileira, em suas primeiras manifestações, prende-se aos modelos literários trazidos pelos colonizadores portugueses.Esses modelos formaram-se em Portugal entre os séculos XII e XVI, ou seja, durante a Baixa Idade Média e o Renascimento.
As primeiras manifestações da literatura brasileira ocorreram durante o período colonial, de 1500 a 1822. Evidentemente, essa produção foi fortemente marcada pelas influências da cultura e da literatura portuguesa, uma vez que nossos escritores ou eram portugueses de nascimento ou brasileiros com formação universitária em Portugal.Por essa razão, antes de estudar as obras e autores nacionais, convém conhecer, de forma panorâmica, os momentos mais
…exibir mais conteúdo…
Essas eram divididas em temas, que eram: Cantigas de Amor, Amigo e de Escárnio e Maldizer.
Mas com o surgimento dos textos em prosa e novelas de cavalaria, houve uma nova "classificação", que deixou dividido em:Lírico Amorosa, subdividida em: cantiga de amor e cantiga de amigo.Satírica, de escárnio e maldizer.

Temas

Cantiga de Amor
Quem fala no poema é um homem, que se dirige a uma mulher da nobreza, geralmente casada, o amor se torna tema central do texto poético. Esse amor se torna impraticável pela situação da mulher. Segundo o homem, sua amada seria a perfeição e incomparável a nenhuma outra. O homem sofre interiormente, coloca-se em posição de servo da mulher amada. Ele cultiva esse amor em segredo, sem revelar o nome da dama, já que o homem é proibido de falar diretamente sobre seus sentimentos por ela (de acordo com as regras do amor cortês), que nem sabe dos sentimentos amorosos do trovador. Nesse tipo de cantiga há presença de refrão que insiste na idéia central, o enamorado não acha palavras muito variadas, tão intenso e maciço é o sofrimento que o tortura.
São cantigas que espelham a vida na corte através de forte abstração e linguagem refinada.
Cantiga de Amigo
O trovador coloca como personagem central uma mulher da classe popular, procurando expressar o sentimento feminino através de tristes situações da vida amorosa das donzelas. Pela boca do trovador, ela canta a ausência do amigo (amado

Relacionados

  • Literatura e Consciência, de Octávio Ianni
    576 palavras | 3 páginas
  • Literatura Infantil Brasileira: História e histórias de Regina Zilberman e Marisa Lajolo.
    1477 palavras | 6 páginas
  • MARIA DA CONCEIÇÃO EVARISTO: A REPRESENTAÇÃO DA MULHER NEGRA
    2961 palavras | 12 páginas
  • A literatura de cordel no século XXI
    6097 palavras | 25 páginas
  • Trovadorismo, arcadismo, classicismo etc
    5119 palavras | 21 páginas
  • estilos de época brasileiros
    1214 palavras | 5 páginas
  • A linguagem do modernismo
    992 palavras | 4 páginas
  • EUCLIDES DA CUNHA E CASA GRANDE E SENZALA: RUPTURAS E CONTINUIDADES
    1205 palavras | 5 páginas
  • Resumo livro os bruzundangas
    2812 palavras | 12 páginas
  • Condoreirismo
    2087 palavras | 9 páginas