Aula De Decanta O Sedimentacao

1915 palavras 8 páginas
TA 631 – OPERAÇÕES UNITÁRIAS I

Aula 18: 25/05/2012

Decantação e
Sedimentação
1

Aplicações:
 Retirada de sólidos valiosos de suspensões, por exemplo: a separação de cristais de um licor-mãe;
 Separação de líquidos clarificados de suspensões;
 Decantação de lodos obtidos em diversos processos
(ex.: tratamento de efluentes e de água potável, etc.).

2

Sedimentação versus Decantação
• Quando

a queda da partícula não é afetada pela proximidade com a parede do recipiente e com outras partículas, o processo é chamado Decantação Livre. Aplica-se a modelagem simples do movimento de partículas em fluídos.



A decantação livre ocorre quando as concentrações volumétricas de partículas são menores que 0,2% (de 0,2% a 40% tem-se
Decantação Influenciada)



A operação de separação de um lodo diluído ou de uma suspensão, pela ação da gravidade, gerando um fluido claro e um lodo de alto teor de sólidos é chamada de Sedimentação.
Neste caso, se usam equações empíricas (deve-se evitar o uso das equações de movimento de partículas sólidas isoladas em fluídos). •

A sedimentação ocorre quando a concentração volumétrica das partículas é maior que 40%

3

 Se as partículas forem muito pequenas, existe o
Movimento Browniano.
 Ele é um movimento aleatório gerado pelas colisões entre as moléculas do fluido e as partículas.
 Nesse caso, a teoria convencional do movimento de uma partícula em um fluido não deve ser usada e recorre-se a equações empíricas. Movimento Browniano de uma

Relacionados