Autonomia Profissional do Fisioterapeuta ao longo da história

9239 palavras 37 páginas
AUTONOMIA PROFISSIONAL DO FISIOTERAPEUTA AO LONGO DA
HISTÓRIA1

Fabio Batalha Monteiro de Barros
Fisioterapeuta, Mestre em Saúde Coletiva na área de Políticas, Planejamento e
Administração em Saúde (IMS/UERJ).
Pesquisador na área de Formação de Recursos Humanos em Saúde
Email: fabio@fisiobrasil.com.br

O presente artigo tem por objetivo acrescentar novos aspectos às discussões em torno da autonomia profissional do fisioterapeuta, esclarecendo algumas das dificuldades e obstáculos enfrentados pela categoria profissional no Brasil. Este artigo não se propõe a ser uma descrição histórica do desenvolvimento da fisioterapia, tarefa reservada a futuras publicações que possibilitem maior número de páginas com maiores detalhamentos.
O fisioterapeuta pode ser definido como um profissional de nível superior da área de saúde, pleno, autônomo que atua isoladamente ou em equipe em todos os níveis de assistência à saúde, incluindo a prevenção, promoção, desenvolvimento, tratamento e recuperação da saúde em indivíduos, grupos de pessoas ou comunidades. É o profissional que cuida da saúde da população com ênfase no movimento e na função, prevenindo, tratando e recuperando disfunções e doenças, sendo portanto, seu principal objeto de trabalho a saúde funcional.

1

Este artigo foi publicado originalmente na Revista FisioBrasil em 2003. Para citar este

artigo utilize a seguinte referência:
BARROS, Fabio Batalha Monteiro de. Autonomia Profissional do Fisioterapeuta

Relacionados

  • O surgimento da fisioterapia
    2103 palavras | 9 páginas
  • Biofisica
    6338 palavras | 26 páginas
  • A importância do trabalho do fisioterapeuta na equipe multidisciplinar
    5947 palavras | 24 páginas
  • Fisioterapia
    11887 palavras | 48 páginas
  • Ética no sigilo profissional
    3853 palavras | 16 páginas
  • Projeto de intervenção: motivação e humanização: fatores relevantes no atendimento de pacientes em reabilitação.
    5932 palavras | 24 páginas
  • Cif-classificação internacional de funcionalidade
    2254 palavras | 10 páginas
  • Aconselhamento psicopedagogico
    1830 palavras | 8 páginas
  • Psicologia Comunitaria
    5221 palavras | 21 páginas