Bandas cambiais

4565 palavras 19 páginas
BANDAS CAMBIAIS:
Uma análise do tipo de controle cambial adotado no Brasil e suas consequências sobre as reservas cambiais e sobre a balança comercial

Resumo: A banda de câmbio é um regime cambial intermediário baseado em faixas-alvo, com o Banco Central limitando as flutuações do câmbio para uma média específica ou em torno de uma paridade central. A vantagem decorrente de tal política reside no fato de que sua adoção representa a introdução de suficiente flexibilidade na taxa de câmbio nominal para responder às mudanças nas condições externas e internas do país, ao mesmo tempo em que mantém o mercado informado do valor da paridade central, de modo a estabilizar as expectativas dos agentes e, assim, contribuir, positivamente, para
…exibir mais conteúdo…
Por fim, na última seção, é descrito e analisado, mais especificamente, o tipo de controle cambial adotado no Brasil, demonstrando a influência que este desempenha na balança comercial brasileira e a consequência desta escolha sobre as reservas cambiais.

2. Conceitos

2.1 Política cambial

Os diversos agentes econômicos que compram e vendem moeda estrangeira, conforme suas necessidades, formam o chamado “mercado de câmbio”. Empresas que vendem mercadorias ou ações no exterior estão aumentando a oferta de moeda estrangeira, em particular o Dólar, pois sua receita ocorre em moeda estrangeira. Por outro lado, empresas que compram bens ou ações do exterior estão demandando moeda estrangeira, pois seus gastos ocorrem em dólares. Assim, o preço da moeda estrangeira em relação à moeda nacional é determinado neste mercado, sendo este preço chamado de “taxa de câmbio”. As relações econômicas, comerciais e financeiras dos agentes de determinado sistema econômico são registradas na Balança de Pagamentos. Dessa forma, eventuais déficits no Balanço de Pagamentos são decorrentes do fato de a entrada de divisas (dólares) ser inferior a sua saída. E este fato resulta de dois desequilíbrios. O primeiro é que se exportam bens e serviços menos do que se consegue importar, culminando em uma saída de divisas maior do que a entrada. O segundo desequilíbrio é propiciado pelo lado financeiro onde não

Relacionados

  • Regimes de taxas de cambio - vantagens e desvantagens
    1718 palavras | 7 páginas
  • A macroeconomia no setor externo
    1010 palavras | 5 páginas
  • ECONOMIA Atividade 8 - Anhembi Morumbi
    1491 palavras | 6 páginas
  • mercado cambial
    1133 palavras | 5 páginas
  • História e reforma do sistema monetário internacional
    2375 palavras | 10 páginas
  • Planejamento estratégico da positivo informática s/a.
    892 palavras | 4 páginas
  • Comercio internacional
    1861 palavras | 8 páginas
  • Moeda e cambio
    7023 palavras | 29 páginas
  • Décadas de 60, 70, 80 e 90
    4867 palavras | 20 páginas
  • Estudo de caso - banco galtar - insper
    1722 palavras | 7 páginas