Bernardo toro

1474 palavras 6 páginas
Biografia de Bernardo Toro
Bernardo Toro é um intelectual colombiano, com grande experiência e capacidade de argumentação sobre diferentes questões. Suas análises e reflexões sobre a educação na América Latina fogem dos padrões esquemáticos de visões tradicionais, enfatizando o papel da comunicação e da mídia para o desenvolvimento da democracia.
Toro estudou Filosofia e depois Física e Matemática, em cursos de licenciatura. Fez pós-graduação em Investigação e Tecnologia Educativa. Toda a sua formação é colombiana. Durante algum tempo foi professor de Ensino Médio, tendo trabalhado com adolescentes, basicamente na zona de prostituição, como professor de Física e de Filosofia. No início dos anos 70, fundou (e dirigiu durante 12 anos) a
…exibir mais conteúdo…
7. Ter a capacidade de planejar, trabalhar e decidir em grupo, como saberes estratégicos para produtividade e democratização do conhecimento.
Entre nós, no Brasil, o que se observa é a falta de habilitação dos estudantes para a atividade de leitura, pois ela capacita o leitor a se tornar autodidata, buscando o conhecimento nas áreas de sua preferência. A leitura propicia a movimentação da inteligência emocional, o eu interior.

Frase: “A escola tem a obrigação de formar jovens capazes de criar, em cooperação com os demais, uma ordem social na qual todos possam viver com dignidade”

Pensamentos de Toro:
O colombiano Bernardo Toro é filósofo, educador e assessor da Presidência da Fundação AVINA. Ao contrário do que se poderia supor por seu currículo, ele não acredita que a Educação por si só seja a saída para os problemas do mundo, como tantos políticos, especialistas e o próprio senso-comum costumam afirmar.

Toro diz que nossa contradição está no fato de que, ao mesmo tempo em que começamos a nos reconhecer como uma mesma espécie, também criamos todas as condições para o nosso próprio desaparecimento e estamos conscientes - pela primeira vez em nossa história - de que podemos mesmo ser banidos da superfície do planeta.

Para o educador, só poderemos superar este paradoxo com o desenvolvimento de três valores:
- aprender a cuidar,
- a estabelecer relações 'ganha-ganha' e
- a respeitar.

"Ou aprendemos a cuidar, ou pereceremos",

Relacionados

  • Os novos pensadores da educação
    2180 palavras | 9 páginas
  • Os novos pensadores da educação
    3396 palavras | 14 páginas
  • Atividade final pdde
    1164 palavras | 5 páginas
  • quem descobriu o chile
    2829 palavras | 12 páginas
  • Radios comunitarias e politicas publicas
    2827 palavras | 12 páginas
  • Modelo 1 - Projeto Prevenção da Poluição ENG 269
    2037 palavras | 9 páginas
  • 8 Habitos de um lider eficaz
    5559 palavras | 23 páginas
  • Assessoria psicopedagógica clínica e institucional/idealizadora do projeto: profª. esp. p.p roneide valeriano silva
    5009 palavras | 21 páginas
  • fiat
    9458 palavras | 38 páginas