Bioética

2812 palavras 12 páginas
Bioética é o estudo transdisciplinar entre Biologia, Medicina, Filosofia (Ética) e Direito (Biodireito) que investiga as condições necessárias para uma administração responsável da Vida Humana, animal e responsabilidade ambiental. Considera, portanto, questões onde não existe consenso moral como a fertilização in vitro, o aborto, a clonagem, a eutanásia, os transgênicos e as pesquisas com células tronco, bem como a responsabilidade moral de cientistas em suas pesquisas e suas aplicações.

História

O termo "Bioética" surgiu na década de 1970 e tinha por objetivo deslocar a discussão acerca dos novos problemas impostos pelo desenvolvimento tecnológico, de um viés mais tecnicista para um caminho mais pautado pelo humanismo, superando a
…exibir mais conteúdo…
Um desses expoentes, John Finnis, propões que a ética não pode ser feita através de cálculos de maximização do prazer. Como o que era até então proposto pelos utilitaristas. Fazer isso é tentar colocar em uma equação matemática incerta probabilidades impossíveis de serem calculadas por estarem no futuro. P.ex., uma doença que é incurável hoje, amanhã pode ou não ter sua cura descoberta. E, para alguém que tenta decidir por fazer ou não a eutanásia de um doente nesse estado, pode parecer racional implementar a morte do doente se for uma ação que atenuará seu sofrimento. Porém, como o futuro é incerto, a situação poderia ser revertida por inúmeras circunstâncias imprevisíveis, como a descoberta da cura. Da mesma forma, pareceria para uma mãe com gravidez indesejada um bem fazer um aborto, na medida em que isso poderia parecer para ela um aumento em sua "qualidade de vida". Visto que se livraria da responsabilidade de criar um filho e lhe prover os meios e carinhos para o desenvolvimento. O que não pode ser moral e racional, ao menos a priori, e se aceito, no mínimo merece fundamentações mais firmes e convincentes. Por isso, tomar como base a maximização da "qualidade de vida", ou em realidade do prazer, não pode servir como base racional para se resolver essas questões. Finnis propõe uma (bio)ética com bases racionais diferenciadas e enraizadas na tradição clássica e nos filósofos analíticos do século XX.

Referências

1. ↑ O que é bioética. Débora

Relacionados

  • bioetica
    1158 palavras | 5 páginas
  • Questors de bioetica
    650 palavras | 3 páginas
  • Bioética, dor e sofrimento
    5386 palavras | 22 páginas
  • Bioetica E Complexidade
    3079 palavras | 13 páginas
  • Bioética: os fetos anencéfalos
    6789 palavras | 28 páginas
  • Bioética e a produção de alimentos
    1348 palavras | 6 páginas
  • DIREITO E BIOETICA AULA 1 CASO CONCRETO
    820 palavras | 4 páginas
  • Aplicabilidade da Biossegurança e Bioetica na Estetica
    8212 palavras | 33 páginas
  • Resenha Origem e complexidade da bioética de Goldin
    841 palavras | 4 páginas