Biodiversidade e Distribuição de esponjas de água doce no Brasil

1681 palavras 7 páginas
Biodiversidade e Distribuição de esponjas de água doce no Brasil

Introdução

Estudos realizados ao redor do mundo apresentam as Esponjas como sendo a forma de vida animal mais primitiva do mundo, e que mesmo se tratando de um ancestral tão antigo, ele se mostrou capaz de se adaptar perfeitamente à mudanças climáticas, intemperismos físicos e ao surgimento de novos predadores com o passar dos anos até os dias atuais.
As esponjas tanto de água doce, quanto de água salgada possuem não apenas importância ambiental se tratando de cadeia alimentar, mas também uma grande importância médica e econômica, uma vez que sua estrutura ou substâncias
…exibir mais conteúdo…
A morfologia espicular encontrada nas espécies destas famílias de esponjas de águas continentais parece ser mais semelhante àquela observada em algumas famílias marinhas do que entre as a observada quando as famílias de esponjas de águas continentais são comparadas entre si.
Apesar da adoção do monofiletismo na revisão mais recente, este debate está longe de chegar ao fim, sendo necessárias mais evidências paleontológicas ou até mesmo descrições de novas espécies para uma melhor compreensão deste assunto.

Da mesma forma que em esponjas marinhas, a taxonomia de esponjas se baseia principalmente no estudo da morfologia dos seus componentes espiculares. Suas espículas podem ser classificadas em megascleras, microscleras e gemoscleras. As megascleras são as espículas principais, responsáveis pela estruturação das esponjas. As microscleras são espículas menores, normalmente distribuídas pela superfície ou espalhadas pelo corpo. Já as gemoscleras são espículas especiais com a função de revestir as gêmulas. Todos os três tipos espiculares são de grande importância para taxonomia, contudo, a gemosclera é a que mais fornece subsídios para identificação das espécies. Alguns autores inclusive consideram que ela possui uma morfologia espécie-especifica.
As gêmulas são corpos de

Relacionados

  • Introdução a zoologia
    1855 palavras | 8 páginas
  • distribuiçao dos organismos na biosfera
    3474 palavras | 14 páginas
  • Macrofauna marinha
    1644 palavras | 7 páginas
  • Resumo ciencias do ambiente ufcg
    5827 palavras | 24 páginas
  • Fungos e Serrapilheira na Mata Atlântica
    4720 palavras | 19 páginas
  • Bioluminescência em invertebrados
    3093 palavras | 13 páginas
  • Cnidarios
    5790 palavras | 24 páginas
  • START QUIMICA
    16143 palavras | 65 páginas
  • BECKER, Bertha Koiffmann; EGLER, Claudio Antonio Gonçalves. Brasil: uma nova potência regional. 4. ed. Rio de Janeiro: Bertrand Brasil, 2003.
    10328 palavras | 42 páginas
  • Prova PAS II 1
    7540 palavras | 31 páginas