Bioluminescência em invertebrados

3093 palavras 13 páginas
A bioluminescência em invertebrados e a emissão de luz fria por seres vivos a partir de uma oxidação, transformando energia química em luminosa, que em sua grande maioria pertence ao espectro da luz verde e azul. Aproximadamente noventa por cento dos seres abissais a produzem. Por viverem em ambientes desprovidos de luz, as principais funções da bioluminescência para eles estão associadas a sobrevivência, como na atração de um parceiro para reprodução ou de uma presa para alimentação, assim como na proteção contra predadores.
Estes seres também são utilizados na pratica de aquarismo onde são extremamente populares devido a sua beleza exótica e chamativa.
Sua maior diversidade se da nos filos Cnidaria, Ctenophora, Annelida, Mollusca, Arthropoda e Echinodermata.
Podem ser encontrados em praticamente todos os oceanos a aproximadamente 70 metros de profundidade, onde sao mais decorrentes; porem nao exclusivos.

Bioluminescência a emissão de luz fria e visível por organismos vivos, ela ocorre tanto no ambiente terrestre como no marinho, sendo porem neste mais freqüente. é desconhecida em plantas e vertebrado com exceção de alguns peixes (Mallefet, 1999).
Ela resulta de reações oxidativas exotérmicas, onde moléculas do substrato luciferina são oxidadas por oxigênio, ou um de seus derivados e catalizadas por enzimas chamadas luciferases. Produz assim a oxiluciferina, no estado eletronicamente excitado, que quando decae emite fótons de luz visível (Hastings, 2001). A

Relacionados

  • Mangais em Moma
    3495 palavras | 15 páginas
  • Invertebrados
    862 palavras | 4 páginas
  • biologia dos invertebrados
    1290 palavras | 6 páginas
  • Animais invertebrados -borboletas
    1377 palavras | 6 páginas
  • Seminario de biologia - animais invertebrados
    1076 palavras | 5 páginas
  • Album de invertebrados
    1112 palavras | 5 páginas
  • Filos menores - Zoologia de Invertebrados I
    2575 palavras | 11 páginas