Bioquimica

1796 palavras 8 páginas
SERVIÇO PÚBLICO FEDERAL
MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO
SECRETARIA DE EDUCAÇÃO MÉDIA E TECNOLÓGICA
INSTITUTO FEDERAL DE EDUCAÇÃO, CIÊNCIA E TECNOLOGIA CATARINENSE – CAMPUS RIO DO SUL

DISCIPLINA DE BIOQUÍMICA – AG 32

AVALIAÇÃO DA QUALIDADE DO MEL

Rio do Sul
Maio, 2014 introdução Pela definição da legislação brasileira (BRASIL, 2000), entende-se por mel o produto alimentício produzido pelas abelhas a partir do néctar das flores e de secreções procedentes de partes vivas de certas plantas ou de secreções de insetos sugadores de plantas que vivem sobre algumas espécies vegetais e que as abelhas recolhem, transformam, combinam com substâncias específicas próprias, armazenam e deixam maturar nos favos da colmeia.
Os benefícios que o mel pode apresentar são bastante interessantes como preventivos, inclusive contra catarata e diabete, pois as substâncias fenólicas interferem no mecanismo de ação dessas doenças, prevenindo-as. O ideal é que seja consumido um pouquinho (uma colher de chá) por dia, até mesmo para se resguardar dos resfriados, evitando-os e não, esperando que eles se instalem primeiro. É importante conhecer a origem do produto, pois a contaminação e adulteração do mesmo também é uma possibilidade real e, neste caso, tanto pode apenas não trazer os benefícios buscados quanto até mesmo, ser prejudicial. E, cuidado, não é indicado para o diabético, e sim para precaver-se da diabete, pois, no mínimo

Relacionados

  • Bioquimica
    2229 palavras | 9 páginas
  • Bioquimica
    1117 palavras | 5 páginas
  • bioquimica
    8795 palavras | 36 páginas
  • Bioquimica
    1516 palavras | 7 páginas
  • Bioquimica
    1180 palavras | 5 páginas
  • Bioquímica
    445 palavras | 2 páginas
  • Bioquímica
    657 palavras | 3 páginas
  • Bioquimica
    1885 palavras | 8 páginas
  • Bioquimica
    2106 palavras | 9 páginas
  • bioquimica
    1807 palavras | 8 páginas