Biotecnologia-Transgênicos-e-Clonagem

3606 palavras

Biotecnologia – Transgênicos e Clonagem Organismos geneticamente modificados são denominados de transgênicos, eles seriam impossíveis de serem cruzados na natureza. São criadas sementes resistentes a seus próprios agrotóxicos ou até mesmo sementes que produzem plantas inseticidas. Clonagem é o nome do processo que pode ser artificial ou natural, o qual produz organismos idênticos geneticamente. Não envolve a troca de gametas entre indivíduos, portanto é um tipo de reprodução assexuada.

Da mesma forma, a clonagem possui pontos positivos e negativos, sendo alguns deles primeiramente os positivos: na clonagem humana seria possível haver rejuvenescimento, inversão te ataques cardíacos, fertilidade para casais inférteis, ausência de genes defeituosos, casos de Síndrome de Down evitados, produção de terapia genética eficaz contra a fibrose cística, tetraplégicos poderão retornar a andar, cura de doenças genéticas e espécies em extinção poderiam ser salvas. Já alguns de seus pontos negativos são: possibilidade de comprometer a individualidade, perda de variabilidade genética, envelhecimento precoce, grande numero de anomalias, tumores, baixa imunidade, lesões hepáticas, surgimento de um mercado negro de fetos de doares que queiram clonar-se a si próprios como famosos, clones poderão ser discriminados pela sociedade e podem estar sujeitos a problemas psicológicos desconhecidos.