Brônquio Traqueal e Atresia de Laringe

420 palavras 2 páginas
Atresia de Laringe

A atresia laríngea é uma doença congênita que se apresenta imediatamente após o nascimento causando desconforto respiratório grave podendo ser fatal. Na região distal á atresia (bloqueio) ou á estenose (estreitamento) distal, as vias aéreas se dilatam, os pulmões estão aumentados e ecogênicos (capazes de produzir eco duração o exame ao ultrassom, porque estão cheio d líquido), o diafragma está achatado ou invertido e há presença ascite e/ou hidropisia (acumulo de liquido seroso nos espaços intracelulares, causando um grave edema). Essa anomalia resulta da falta de recanalização da faringe e causa obstrução das vias aéreas superiores (síndrome da obstrução congênita das vias aéreas superiores). Ao nascimento, a criança tem dificuldades respiratórias graves imediatas, com retrações esternais e costais, podendo exibir trabalho respiratórios extremos, mas nenhum fluxo de ar detectável. A correção cirúrgica pode ser necessária, dependendo do grau de obstrução da via respiratória.
Epiglote Bífida
É uma lesão rara, que se apresenta por uma fenda na linha média da epiglote. Os pacientes podem estar assintomáticos ou ter dificuldades para se alimentar e ocorre aspiração. A visualização direta dessa lesão é o único meio de fazer diagnóstico. Raramente é necessário tratamento específico.

Brônquio Traqueal
O brônquio traqueal é uma anomalia congênita com incidência aproximada de 2% na população geral, habitualmente assintomática e de diagnóstico usualmente

Relacionados

  • embriologia
    7031 palavras | 29 páginas