Breve Historia da Linguistica na Grécia

1199 palavras 5 páginas
BREVE HISTÓRIA DA LINGUÍSTICA NA GRÉCIA

O primeiro questionamento no mundo ocidental feito sobre a lingua(gem) tentavam determinar se ela era fonte de conhecimento e ou a lingua(gem) era um meio, simplesmente, uma comunicação.
O primeiro estudioso da lingua(gem) foi Platão, ele foi o pensador europeu que refletiu sobre os problemas fundamentais da linguagem. A tradição ocidental teve seu próprio e claro padrão de desenvolvimento.
“As tendências recorrentes da linguística ocidental podem ser identificadas na maioria dos campos da investigação intelectual: mais marcadamente nas ciências naturais, mas também na filologia, na cosmologia e no estudo do homem. Isso tem consequência para nossa narrativa, para a historiografia em geral, em dois planos, o geográfico e o temporal. Sendo no plano geográfico e o temporal.” ( WEEDWOOD ,1995,p.21)
Platão com o livro –Crátilo-. A abordagem que os gregos faziam era na tentativa de descobrir a origem das palavras, se provinham de uma natureza ou de uma convenção.
Neste diálogo três personagens debatiam a questão: Crátilo (a língua espelha exatamente o mundo), Hermógenes (a língua é arbitrária) e Sócrates (fazendo um balanceamento das duas teorias anteriores). Estabeleceu-se que a relação das palavras com as coisas não era direta, mas indireta, entretanto, faltava ainda determinar a natureza delas.
“Aristóteles, um seguidor de Platão, pensado na questão da linguagem, estabeleceu três etapas: os signos escritos representam os

Relacionados

  • plano de aula- dia da amizade
    1188 palavras | 5 páginas
  • RESENHA – Epistemologia do Trabalho Científico RICHARDSON, Roberto Jarry.
    1720 palavras | 7 páginas
  • Monografia linguagem jurídica-a função social do discurso
    10779 palavras | 44 páginas
  • VARIAÇÃO LINGUÍSTICA: uma proposta de reflexão para o educador de língua materna da EJA
    14268 palavras | 58 páginas
  • Concepções de linguagem e análise lingüística: diagnóstico para propostas de intervenção
    5906 palavras | 24 páginas
  • Língua acadiana: breve análise da história, fonologia e morfologia
    2459 palavras | 10 páginas
  • Oralismo
    5003 palavras | 20 páginas
  • A importância da musicalização na educação infantil e no ensino fundamental a música como meio de desenvolver a inteligência e a integração do ser
    4359 palavras | 18 páginas
  • Metáfora na literatura
    5768 palavras | 24 páginas
  • O processo de alfabetização e letramento do aluno surdo
    5189 palavras | 21 páginas