Bronquiolite aguda - estudo de caso

2288 palavras 10 páginas
Introdução A pediatria é a especialidade médica dedicada á assistência do ser humano desde o seu nascimento até a adolescência nos seus diversos aspectos, sejam eles preventivos ou curativos.
A assistência de enfermagem visa promover á criança condições de saúde o mais satisfatórias possíveis, o que implica que o profissional deve participar de todos os aspectos de crescimento e desenvolvimento da criança. Deste modo, o enfermeiro trabalha e participa com todos os membros da equipa multidisciplinar, assim como com a família da criança. Deve ser capaz de manter uma assistência competente e habilidosa com a mesma, mantendo sempre uma atitude carinhosa.
No âmbito do Ensino Clínico II – Enfermagem de Saúde Infantil e Pediátrica, do 3º
…exibir mais conteúdo…
Dado ao pequeno calibre dos brônquios e a ventilação colateral pouco desenvolvida da criança, a obstrução das vias aéreas resultante deste processo pode afectar profundamente o fluxo de ar e comprometer as trocas gasosas.
As alterações na composição do surfactante com consequente comprometimento da sua actividade funcional podem constituir um dos mecanismos que contribuem para a obstrução da via aérea. Nos casos mais graves, a obstrução pode funcionar como uma válvula que permite a entrada, mas não a saída do ar provocando híper insuflação pulmonar. Nos segmentos pulmonares em que a obstrução se torna completa não ocorrerá entrada adicional de ar podendo resultar em atelectasias.
A retenção de CO2 (hipercapnia) raramente ocorre, à excepção de crianças com doença severa e que a frequência respiratória seja superior a 70 ciclos por minuto.

Manifestações clínicas

Inicialmente, a bronquiolite manifesta-se com uma conjunto de sinais e sintomas clínicos relacionados ao acometimento do trato respiratório superior como rinorreia e obstrução nasal, com ou sem febre. À medida que a infecção progride para as vias respiratórias inferiores podem surgir sintomas como tosse, dispneia e pieira. Com o agravamento do quadro clínico tornam-se evidentes sinais de dificuldade respiratória tais como taquipneia, adejo nasal, sons expiratório, tiragem sub-costal, intercostal, supraclavicular e nos casos mais graves uso de músculos acessórios. A

Relacionados

  • Bronquiolite Viral Aguda
    869 palavras | 4 páginas
  • I Recomendação brasileira de fisioterapia respiratória em unidade de terapia intensiva
    5784 palavras | 24 páginas
  • Doença pulmonar parenquimatosa Difusa
    5548 palavras | 23 páginas
  • Farmacologia respiratoria
    2706 palavras | 11 páginas
  • Ilhas de Calor e o Microclima Urbano
    2614 palavras | 11 páginas
  • Dpoc
    4126 palavras | 17 páginas
  • Doenças Infecto contagiosas- estética
    4028 palavras | 17 páginas
  • Poeiras orgânicas
    17844 palavras | 72 páginas
  • Tcc de medula ossea
    7399 palavras | 30 páginas
  • Trabalho do Menor
    13145 palavras | 53 páginas