Bula de medicamentos: de sua criação aos dias de hoje.

3195 palavras 13 páginas
Rodrigo otavio correa boaventura
BULA DE MEDICAMENTOS: De sua criação aos dias de hoje.
Rodrigo Otávio Corrêa Boaventura1.

RESUMO

Por ser fonte de informação sobre os medicamentos, a bula e muito utilizada no Brasil tanto por profissionais da saúde como por pacientes que muita das vezes são leigos. Este trabalho analisa desde a criação da bula, passando pelas evoluções e melhorias até o atual modelo hoje encontrado, procurando observar as influências do crescimento técno-científico, da globalização das informações e das políticas de saúde, verificar as informações dos textos das bulas de medicamentos, observar se estão de acordo com a legislação vigente e a literatura técno-cientifica, estudou-se o esforço para melhoria do
…exibir mais conteúdo…
A parte II – Informações Técnicas – também foi composta por dez itens: características química e farmacológica, indicações, contra-indicações, precauções e advertências, interações medicamentosas, reações adversas, posologia, superdosagem e pacientes idosos.
Nota-se, portanto que mesmo que vincule as informações direcionadas em especial ao paciente, determinada na parte II (informações ao paciente), essas informações encontram-se espalhadas em todo texto da bula e comumente são expressas por meio de linguagem predominantemente técnica, que dificulta o paciente entender as informações necessárias para uso adequado do medicamento. Ate a década de 90 mesmo com as regulamentações da Anvisa os textos das bulas não apresentam padronização da sequência para todas as bulas. Devemos resaltar à necessidade de ordenar e organizar as informações sobre os medicamentos, incluindo as inserções obrigatórias recomendadas pela legislação em vigor. Foi observada também a falta de concordância sobre os itens apresentados. Assim observamos que algumas bulas são mais informativas que outras devido à existência de itens em algumas bulas que outras bulas suprimem10.
Segundo Barros15,, as bulas servem como mecanismo para facilitar a automedicação e incrementar as vendas das indústrias farmacêuticas (nacionais e multinacionais) que comercializam seus produtos no Brasil. Diversas bulas comercializadas na América Latina não apresentavam advertência

Relacionados

  • Relatorio de estagio - ass
    2501 palavras | 11 páginas
  • Textos Narrativos
    3524 palavras | 15 páginas
  • Traefa marista
    2256 palavras | 10 páginas
  • Técnico de Farmácia-Deontologia
    3460 palavras | 14 páginas
  • CALCULO DE DOSES
    6173 palavras | 25 páginas
  • ATPS Quimica Farmaceutica Fase 1 E 2
    3826 palavras | 16 páginas
  • Trabalho de estágio em drogaria
    5042 palavras | 21 páginas
  • Sequencia didatica: importancia da reciclagem
    3983 palavras | 16 páginas
  • DESCOBERTA, IMPORTÂNCIA E UTILIZAÇÃO DOS ELEMENTOS QUÍMICOS
    5086 palavras | 21 páginas