Células Tronco

2124 palavras 9 páginas
Introdução
O tema células-tronco tem estado constantemente presente não só no meio acadêmico, mas também nos meios de comunicação e na sociedade em geral. De fato, este é um tema instigante, que traz muitas perspectivas para os campos da medicina regenerativa, biologia celular e biologia do desenvolvimento. Mas afinal, o que são as células-tronco?
As células-tronco são células capazes de autorreplicação e diferenciação em muitas categorias de células. Além disso, as células-tronco podem ser programadas para desenvolver funções específicas, tendo em vista que ainda não possuem uma especialização.
Basicamente, as células-tronco podem se auto-replicar, ou seja, se duplicar, gerando outras células-tronco. Ou ainda se transformar em outros tipos de células.
De acordo com seu potencial de diferenciação, as células-tronco são classificadas em níveis diferentes que serão apresentados no desenvolvimento do trabalho.

Potencial das células-tronco

Historia das células-tronco
Cientistas têm se interessado em biologia celular desde o advento dos microscópios em 1800. A propagação e diferenciação celular foram testemunhadas pela primeira vez e as células foram reconhecidas como os blocos de construção da vida, capaz de darem origem a outras células, a chave para o desenvolvimento da compreensão humana.
Desde que o fisiologista alemão Theodor Schwann lançou, em 1839, as bases da teoria celular, pesquisadores de todo o mundo sentiram-se instigados com a possibilidade de

Relacionados

  • Celula
    2513 palavras | 11 páginas
  • trabalho de celulas tronco
    3092 palavras | 13 páginas
  • Célula animal e Célula vegetal
    1361 palavras | 6 páginas
  • celula
    1994 palavras | 9 páginas
  • Monografia sobre celulas tronco
    11643 palavras | 47 páginas
  • células
    265 palavras | 2 páginas
  • Pesquisas com celulas tronco
    1402 palavras | 6 páginas
  • Celulas tronco
    2969 palavras | 12 páginas
  • Celulas tronco na atualidade
    2097 palavras | 9 páginas
  • Celulas troncos
    9491 palavras | 39 páginas