CHINA - POTENCIA DE DOIS SISTEMAS

1069 palavras 5 páginas
A média anual de crescimento do seu PIB nas décadas de 80 e 90 foi de 9,7%, sendo que os anos de menor cresci- mento foram 1989 (4,1%) e 1990 (3,8%).
Já na atual década do século XXI, as taxas de crescimento da economia chinesa variaram de 8% (2000) a 11,4% (2007). Com as taxas elevadas de crescimento, sustentadas por quase trinta anos, o PIB da China foi ultrapassando sucessivamente o de outros países. Com o valor estimado de US$ 3,4 trilhões em 2007, o PIB chinês em valores correntes coloca-se como o 4o maior do mundo, depois do dos Estados Unidos, Japão e Alemanha (com o Brasil na 10a colocação).
O banco Goldman Sachs projeta que o PIB chinês deverá superar o do Japão em 2015 e o dos Estados Unidos em 2039, quando se tornaria o maior do mundo. Numa outra dimensão, o crescimento da economia mundial nos últimos anos tem a China como um de seus componentes principais. Segundo a ONU, o crescimento do PIB chinês em 2007 representou 17% do total mundial, o mesmo percentual dos Estados Unidos. Isso sem computar os efeitos indiretos que a economia chinesa gerou no crescimento de outros países.
Em outra análise, pela metodologia de Paridade do Poder de Compra (PPP – Purchase Power Parity), segundo o cálculo publicado pelo Fundo Monetário Internacional em outubro de 2007, o PIB da China é de US$ 7,0 trilhões, posicionando-se como o segundo maior do mundo. A metodologia leva em consideração o poder de compra da moeda de cada país para estabelecer a taxa

Relacionados