CINÉTICA DE UMA REAÇÃO DE SEGUNDA ORDEM: SAPONIFICAÇÃO DO ACETATO DE ETILA

2298 palavras 10 páginas
UNIVERSIDADE FEDERAL DE ALFENAS - UNIFAL
BACHARELADO INTERDISCIPLINAR EM CIÊNCIA E TECNOLOGIA
ENGENHARIA DAS REAÇÕES QUÍMICAS – DEQ 04

Andrey Mafra
Caroline Gaglieri
Patrícia Lameu
Rodolfo Teotônio

CINÉTICA DE UMA REAÇÃO DE SEGUNDA ORDEM: SAPONIFICAÇÃO DO ACETATO DE ETILA

POÇOS DE CALDAS
JUNHO/ 2013
Resumo: O presente experimento faz um estudo acerca da velocidade das reações químicas de modo que seja possível observar e determinar a velocidade específica de reação , como esta varia com a temperatura e a energia de ativação da reação de saponificação do acetato de etila. Para tanto, foi determinada a concentração do reagente em diferentes intervalos de tempo durante o processo reacional. Assim,
…exibir mais conteúdo…
Utilizando-se de uma pipeta graduada de125 mL, 30 mL da solução de HCl 0,02M foram pipetados e transferidos aos 8 erlenmeyers, adicionando-se ainda 3 gotas de fenolftaleína a cada um. Após esse procedimento, os erlenmeyers foram novamente pesados e suas massas anotadas.
Da solução de NaOH 0,02M, 250 mL foram medidos com o auxilio de uma proveta e transferidos a um erlenmeyer de 500 mL. Da mesma forma, utilizando outra proveta, 250 mL da solução de acetato de etila 0,02M foram transferidos para outro erlenmeyer de 500 mL. Os dois erlenmeyers foram colocados no banho-maria, previamente aquecido, até que se atingisse o equilíbrio térmico verificado com o termômetro. Depois de atingido o equilíbrio, as soluções de NaOH e acetato de etila foram transferidas para o béquer de 1000 mL e o instante do início da reação foi marcado com o cronômetro, sendo que correspondeu ao término da adição da solução de acetato de etila. O béquer contendo a mistura de soluções foi colocado então no agitador magnético e mantido sob agitação, mantendo-se a chapa aquecedora ligada na temperatura mínima de 35°C sob supervisão e controle com o auxílio de um termômetro.
A partir do aquecimento, utilizando-se uma pipeta, foram retiradas amostras de 25 mL da mistura aos 2 min, 5 min, 10 min, 20 min, 30 min, 40 min, 50 min e 60 min e transferidas a cada um dos 8 erlenmeyers contendo a solução de HCl e fenolftaleína. Tal procedimento foi realizado rapidamente e o tempo foi

Relacionados

  • Estudo de cinética
    7829 palavras | 32 páginas
  • O capital, de karl marx parte segunda - a transformação do dinheiro
    4775 palavras | 20 páginas
  • Produção de Acetato de Butila
    12146 palavras | 49 páginas
  • Acetato de isopentila
    1897 palavras | 8 páginas
  • Reação de decomposição do ozônio e a cinética química
    494 palavras | 3 páginas
  • Fatores que influenciam a velocidade de uma reação
    1159 palavras | 5 páginas
  • Síntese de Brometo de Etila
    2858 palavras | 12 páginas
  • Preparação acetato de butila
    1711 palavras | 7 páginas