CRISE AMBIENTAL E OS NOVOS PARADIGMAS: UMA NOVA VISÃO SEGUNDO A ÉTICA AMBIENTAL

2814 palavras 12 páginas
CRISE AMBIENTAL E OS NOVOS PARADIGMAS: UMA NOVA VISÃO
SEGUNDO A ÉTICA AMBIENTAL
Joécio Santos Sousa¹
Graduando do curso Tecnologia em Gestão Ambiental – IFPI. e-mail: joeciodonnellys@hotmail.com

1

Resumo: A atual crise que a sociedade vivencia desde a metade do século XX é fruto de um descontrolado processo de exploração, agressão, obsessão por parte do ser humano em relação ao meio natural e a si mesmo. A definição exata para a gênese da crise ambiental é difícil de definir, mas acredita-se que ela tenha tido sua origem a partir da Revolução Industrial e Científica, onde o mundo passa a ser encarado como uma máquina, reduzido a uma linguagem matemática. Já as suas conseqüências são nitidamente visíveis, tendo influencias
…exibir mais conteúdo…
Como por exemplo, a formação dos primeiros núcleos urbanos, devido o advento da agricultura no início do período neolítico, a ascensão do cristianismo na época da queda do império romano e na transição da Idade Média para a Idade Científica, possibilitando a Revolução
Industrial. “Especificamente, a nossa transformação pode ser mais dramática, porque hoje as mudanças são mais velozes, amplas, o globo inteiro está ligado e as coisas podem ser feitas mais rapidamente...” (PELIZZOLI, 2002, p. 55).
No atual contexto, três desafios básicos envolvem as mudanças de paradigmas do século XXI.
Primeiramente tem-se o declínio do sistema patriarcal, com a ascensão dos movimentos feministas (os quais possuem semelhanças com a luta pela defesa do meio ambiente), posteriormente o declínio da era dos combustíveis fósseis, fontes de energia que impulsionaram o desenvolvimento d as indústrias na era moderna, que “cederiam” lugar para a era das fontes de energias limpas e renováveis, e por fim, a grande mudança de paradigma, uma remodelagem no pensamento, nos padrões, na percepção e nos valores que formam a visão mais fundamental da realidade.
Para muitos autores como, Leonardo Boff, a educação (ambiental) exerce um papel importante nesse processo de combate a crise, em defesa do desenvolvimento sustentável, além de semeadora das práticas da ética, assim como avaliadora dos hábitos de consumo (alfabetização ecológica). Onde se pode promover a

Relacionados

  • globalização e urgencia ambiental
    4089 palavras | 17 páginas
  • o arcaísmo
    2897 palavras | 12 páginas
  • Ecopedagogia
    6981 palavras | 28 páginas
  • ARTIGO CAMINHOS PARA INSER O
    5904 palavras | 24 páginas
  • Antropologia filosófica e tecnociência
    5831 palavras | 24 páginas
  • Ética e Educação Ambiental: Uma Conexão Necessária: Capítulo “O Cartesianismo”
    3842 palavras | 16 páginas
  • A importância da ecopedagogia para a construção de uma sociedade sustentável
    4804 palavras | 20 páginas
  • o desafio contemporâneo de se fazer ciencias
    1461 palavras | 6 páginas
  • Fichamento : introdução "uma nova agenda para a arquitetura"
    5054 palavras | 21 páginas