Camilo boito

993 palavras 4 páginas
Camillo Boito
Camillo Boito (1836-1914) é figura de grande destaque no panorama cultural do século XIX. Como restaurador e teórico, tem um lugar consagrado pela historiografia da restauração, sendo a ele reservada uma posição moderada e intermédia entre Viollet-le-Duc, cujos preceitos seguiu durante certo tempo, e Ruskin, sintetizando e elaborando princípios que se encontram na base da teoria contemporânea de restauração.
O percurso de Boito não foi linear, iniciou sua trajetória como restaurador, utilizando princípios difundidos por Viollet-le-Duc e, apenas por volta de 1880, formularia textos em que assumiu uma posição renovada e independente, mas nem sempre livre de contradições.
Considera como essencialmente diversas a conservação e a
…exibir mais conteúdo…

No que tange à Viollet-Le-Duc, aponta os perigos de se querer alcançar um estado completo que pode não ter existido nunca, devendo o arquiteto restaurador, para tal, colocar-se na posição do arquiteto inicial. Enfatiza ainda os riscos de falsificação desse tipo de restauro, afirmando que quanto mais bem for conduzida a operação, maior será a possibilidade de engano. Insiste na necessidade de conservações periódicas para se tentar evitar a restauração, mas admite que o restauro pode ser necessário para não se abdicar do dever de preservar à memória. Ao reafirmar a necessidade de se conservar o aspecto de vetustez do monumento, e preconizar que complementos e acréscimos devam mostrar serem obras de seu próprio tempo e distintos do original.
Boito ainda classifica a restauração arquitetônica em três diferentes tipos, arqueológica, pictórica e arquitetônica. De acordo com as principais características do edifício que deveriam ser respeitadas: a importância arqueológica, para os monumentos da antiguidade; as características pictóricas, para os edifícios medievais, sendo importante preservar a sua aparência pitoresca; e a beleza arquitetônica, para os edifícios do Renascimento em diante.
Enuncia 8 princípios que deveriam ser seguidos para se evidenciar que

Relacionados

  • teoricos do restauro
    1285 palavras | 6 páginas
  • TECNICAS RETROSPECTIVAS - TEORICOS
    1329 palavras | 6 páginas
  • TÉCNICAS RETROSPECTIVAS
    574 palavras | 3 páginas
  • Artigo sobre o livro de cesare brandi
    1501 palavras | 7 páginas
  • A alegoria do patrimônio: fichamento
    7654 palavras | 31 páginas