Canção do exilio

1305 palavras 6 páginas
Canção do exílio

"Minha terra tem palmeiras,
Onde canta o Sabiá;
As aves que aqui gorjeiam,
Não gorjeiam como lá.

Nosso céu tem mais estrelas,
Nossas várzeas têm mais flores,
Nossos bosques têm mais vida,
Nossa vida mais amores.

Em cismar, sozinho, à noite,
Mais prazer encontro eu lá;
Minha terra tem palmeiras,
Onde canta o Sabiá.

Minha terra tem primores,
Que tais não encontro eu cá;
Em cismar - sozinho, à noite -
Mais prazer encontro eu lá;
Minha terra tem palmeiras,
Onde canta o Sabiá.

Não permita Deus que eu morra,
Sem que eu volte para lá;
Sem que desfrute os primores
Que não encontro por cá;
Sem qu'inda aviste as palmeiras,
Onde canta o Sabiá."

nacionalismo: corresponde à valorização das particularidades locais. Opondo-se ao registro de ambiente árcade, que se pautava pela mesmice, vendo pastoralismo em todos os lugares, o Romantismo propõe um destaque da chamada "cor local", isto é, o conjunto de aspectos particulares de cada região. Esses aspectos envolvem componentes geográficos, históricos e culturais. Assim, a cultura popular ganha considerável espaço nas discussões intelectuais de elite. A forma poética da “Canção do Exílio” (AMARAL: 119) é nacionalista romântica, demonstrando um forte sentimento de saudade da pátria amada em comparação a sua atual localização, que dava - se em Portugal. Observa-se as características românticas desta poesia da seguinte forma: valorização do sonho e da morte;Ele sonha com os céus

Relacionados

  • Análise de "Navio Negreiro" e "Canção do Exílio"
    3223 palavras | 13 páginas
  • As múltiplas influências do romantismo português e as paródias brasileiras da canção do exílio de Gonçalves Dias
    3448 palavras | 14 páginas
  • telematica intertextualidade
    1719 palavras | 7 páginas
  • Literatura comparada
    1226 palavras | 5 páginas
  • Trabalho de português instrumental ii
    1291 palavras | 6 páginas
  • Documento
    1869 palavras | 8 páginas
  • Chico buarque e o samba de orly
    1290 palavras | 6 páginas
  • Gonçalves dias
    3899 palavras | 16 páginas
  • para sempre forte
    1751 palavras | 8 páginas