Capacidade e incapacidade

2834 palavras 12 páginas
Direito Civil 5 – Capacidade e Incapacidade

Conceito de capacidade e diferença em relação à personalidade

Já vimos, então, as pessoas naturais, o início e o fim da sua personalidade. A personalidade jurídica é a capacidade de a pessoa figurar em uma relação jurídica e já vimos que desta gozam todas as pessoas que nascem com vida até a sua morte.

Entretanto, essa capacidade genérica para ser sujeito de direitos e obrigações, chamada de capacidade de direito ou de gozo, não significa que possam exercitar a mesma (capacidade de fato).

Capacidade de fato, ou de exercício, ou de agir (que é, na verdade, o sentido mais usado da palavra, já que a capacidade de direito, nós tratamos com a referência à personalidade jurídica) é a aptidão para a o exercício dos atos da vida civil, é a possibilidade praticar os atos da vida civil que levam à aquisição, modificação ou extinção dos direitos e obrigações que somos capazes de ter porque temos personalidade jurídica.

Há pessoas, como os recém-nascidos, que podem ser sujeitos de direitos e obrigações, mas ao têm condições de praticar os atos necessários para tanto. Possuem, por tanto, capacidade de direito, mas não capacidade de fato. Assim, essas pessoas que não têm esta última precisam de um representante legal.

Quem tem as duas capacidades, tem capacidade plena. Mas quem só tem a capacidade de direito ou sua capacidade de agir é limitada, tem capacidade limitada. Não é plenamente capaz. Pode ser, como veremos,

Relacionados

  • Principio da Capacidade Contributiva e Simples Nacional
    1102 palavras | 5 páginas
  • Capacidade jurídica e impedimentos legais empresariais.
    2859 palavras | 12 páginas
  • capacidade eleitoral ativa e passiva
    1711 palavras | 7 páginas
  • RAZAO É A CAPACIDADE
    1133 palavras | 5 páginas
  • Capacidade e incapacidade civil
    1444 palavras | 6 páginas
  • IMPUTABILIDADE, SEMI-IMPUTABILIDADE E INIMPUTABILIDADE; INCAPACIDADE RELATIVA E PLENA, PSICOPATOLOGIAS
    6704 palavras | 27 páginas
  • Capacidades motoras e princípios de treino
    1617 palavras | 7 páginas
  • INCAPACIDADE E VULNERABILIDADE: DIFERENCIAÇÃO DOS TERMOS JURÍDICOS
    949 palavras | 4 páginas
  • Estudo do trabalho e da capacidade produtiva
    3621 palavras | 15 páginas
  • CMMI - Modelo Integrado de Maturidade e de Capacidade
    4144 palavras | 17 páginas