Capoeira: luta de resistência à violência

9722 palavras 39 páginas
CAPOEIRA: LUTA DE RESISTÊNCIA À VIOLÊNCIA

MARCUS VINÍCIUS SANTANA MACUL

1

1 - ESPECIALIZAÇÃO EM FORMAÇÃO HOLÍSITCA DE BASE – UNIPAZ / ESPECIALIZAÇÃO EM ADMINISTRAÇÃO E MARKETING DO DESPORTO – FAMATH / COORDENADOR DO NÚCLEO HOLÍSTICO DE CAPOEIRA – NHC / GRADUADO EM EDUCAÇÃO
FÍSICA – UCB

Resumo

A luta de resistência à violência é uma característica marcante na capoeira. O referido estudo buscou interpretar a capoeira e seu processo histórico através de uma visão holística, desde suas origens até os dias de hoje. Notamos que apesar de toda violência e repressão envolvendo a capoeira, alguns capoeiristas e mestres deixaram verdadeiros tesouros filosóficos capazes de incentivar a eclosão de uma cultura de paz na capoeira. Percebemos, também, a influência da capoeira sobre as nossas funções psíquicas: sentimento, pensamento, sensação e intuição e propomos algumas reflexões para o bom desenvolvimento pessoal, social e planetário através da capoeira.

Artigo
O surgimento da capoeira ainda é um mistério. Quanto às teorias sobre a “origem da capoeira”, encontramos três correntes que dividem suas opiniões: afro-brasileira, africana ou brasileira.
A teoria mais aceita entre os pesquisadores é aquela que identifica a capoeira como manifestação afro-brasileira. Estes entendem que ela se desenvolveu aqui no Brasil no período da escravidão, como luta de resistência à violência contra os feitores e capitães do mato. Inspirada em gestos de animais, rituais,

Relacionados

  • A utilização das lutas como conteúdo das aulas de Educação Física
    4385 palavras | 18 páginas
  • PLANO DE AULA Lutas
    1486 palavras | 6 páginas
  • Capoeira
    898 palavras | 4 páginas
  • Estudos Dirigidos De Lutas 1
    1130 palavras | 5 páginas
  • lutas
    1547 palavras | 7 páginas
  • Origens das artes marciais africanas e capoeira.
    3871 palavras | 16 páginas
  • Aspectos históricos da capoeira
    1372 palavras | 6 páginas
  • Regulamento de Capoeira
    9606 palavras | 39 páginas
  • Táticas de Luta e Fuga
    1666 palavras | 7 páginas
  • A LUTA PELO DIREITO, DE RUDOLF VON IHERING
    2611 palavras | 11 páginas