Case itambé

894 palavras 4 páginas
|Estudo de Caso – Itambé |

Em busca de um novo sistema para transportar suas cargas que garantisse o nível de serviço, mas ao mesmo tempo reduzisse o risco de roubo e o índice de avaria dos produtos, a Itambé, maior indústria de laticínios de capital nacional do país, encontrou na proposta da Companhia Vale do Rio Doce (CVRD) a resposta para os seus problemas.

Até então, todo o transporte era feito apenas pelo modal rodoviário. Em 2002, quando o projeto teve início, partiu-se para uma solução multimodal, a cargo do Trem Expresso da CVRD. “Decidimos começar com um projeto-piloto, transferindo da fábrica em Sete Lagoas (MG) produtos como leite condensado, leite em pó, leite UHT e doces para a nossa filial em Salvador”, descreve André Luiz Massote Monteiro, gerente de Exportação da Itambé.

O Trem Expresso é um serviço multimodal (rodo-ferroviário) porta-a-porta e opera trens diários em rotas e horários pré-definidos. Para aumentar a segurança e preservar a integridade física das cargas movimentadas, ele trabalha com contêineres lacrados de 20 e de 40 pés e tecnologia de rastreamento de carga.

O serviço é oferecido a todo o mercado de bens de consumo, abrangendo as rotas do Trem Expresso na Ferrovia Centro Atlântica, que percorre os estados de Minas Gerais, Goiás, Rio de Janeiro, Espírito Santo, Bahia, Sergipe e Distrito Federal. E também as da Estrada de

Relacionados

  • Ferramentas Case
    2876 palavras | 12 páginas
  • Case danone
    1597 palavras | 7 páginas
  • Ferramentas case
    1314 palavras | 6 páginas
  • Case Leitax
    392 palavras | 2 páginas
  • Case moinho
    416 palavras | 2 páginas
  • Case activia
    1893 palavras | 8 páginas
  • Case quintessencia
    1080 palavras | 5 páginas
  • Case
    1373 palavras | 6 páginas
  • case
    656 palavras | 3 páginas