Caso Worldcom

1177 palavras 5 páginas
Caso Fraude Contábil na WorldCom

1) Quais foram as pressões que levaram os executivos da WorldCom a “cozinhar os livros”?

As pressões que levaram os executivos da WorldCom a “cozinhar os livros” foram a deterioração das condições industriais, alta competitividade, excesso de capacidade, redução da demanda por serviços de telecomunicação.
Além disso, a forte pressão sobre a razão Despesas/Receitas também foi uma das causas, o que surpreendeu já que em um período a WorldCom havia sido o “número 1” de Wall Street possuindo grande valor de Mercado devido ao grande crescimento da sua receita.
Outras pressões foram que os diretores estavam em um dilema do risco de perder tudo e fráude contábil. O que incentivou ao fraude foi de manter a razão Despesas/Receitas no nível de 42% a fim de manter e aumentar o preço das ações. Além disso também houve fraude de lançamentos de acumulação e de despesas de capitalização.

2) Qual é o limite entre administração do lucro e do fraude contábil?

A contabilidade criativa (Earnings management) consiste em uma manipulação da realidade patrimonial em que os gestores ajustam alguns lançamentos das demonstrações contábeis, gerando distorções significativas para a empresa. A contabilidade criativa, diferentemente de uma fraude contábil (fraudulent reporting), utiliza-se da flexibilidade das normas contábeis, isto é, se aproveita de omissões e da ambiguidade de algumas normas para mascarar relatórios e beneficiar a

Relacionados

  • Caso clínico
    355 palavras | 2 páginas
  • Caso sears estudo de caso
    866 palavras | 4 páginas
  • Estudo de caso - lucro cessante
    6017 palavras | 25 páginas
  • Fraude worldcom
    1383 palavras | 6 páginas
  • CASOS
    891 palavras | 4 páginas
  • casos
    1731 palavras | 7 páginas
  • Casos clinicos
    661 palavras | 3 páginas
  • CASO 04 CASO 05 oab
    1783 palavras | 8 páginas
  • Caso cachoeirinha
    1358 palavras | 6 páginas