Cativeiro da Terra Resenha

2746 palavras 12 páginas
RESENHA: O CATIVEIRO DA TERRA (CAP. 4-8)

José de Souza Martins

O capitulo resenhado mostra uma relação entre o trabalho livre e suas raízes culturais e históricas devido à imigração ocorrida por um logo tempo. O autor busca conceitos novos para justificar mudanças ocorridas e que ocorrem até os dias atuais.
Como nossa base imigratória, segundo relatos e provas, foi constituída por um número de italianos, espanhóis, alemães e por uma pequena parcela menor de outras nacionalidades, os italianos ganharam espaço devido sua forma cultural de querer e buscar mudanças de vida; esperaram o tempo certo para ganhar seu território, essa espera durou até o ano de 1929, quando ocorreu a crise econômica de 1929.
Com a desvalorização das terras, alguns colonos, começaram a vender pequenas faixas para seus antigos colonos, assim os italianos puderam comprar uma pequena faixa de terra, dos antigos donos, digamos que pequenos sítios, onde junto com a terra crescia os sonhos que trouxeram esses imigrantes até o Brasil.
Em consequência, quando foi possível perceber que mais cedo ou mais tarde a escravidão seria abolida, os fazendeiros e os políticos (na verdade, com grande frequência eram um único e mesmo personagem), passaram a preocupar-se com o problema. A libertação do escravo, em face da terra livre à ocupação dos juridicamente iguais, destruía o único meio acessível de sujeição do trabalho. (MARTINS, 2010)
Logo a escravidão estava com os dias contados, e os grandes fazendeiros

Relacionados

  • Resenha livro O Último Lugar da Terra
    1025 palavras | 5 páginas
  • Resenha de "QUANTO VALE A TERRA?"
    935 palavras | 4 páginas
  • Resenha livro terra pátria
    452 palavras | 2 páginas
  • PEQUENA HISTÓRIA DA AGRICULTURA NO BRASIL (Tamás Szmrecsányi) E O CATIVEIRO DA TERRA (José de Souza Martins)
    886 palavras | 4 páginas
  • A Terra Das Chamas EM
    4411 palavras | 18 páginas
  • As camadas da terra
    3756 palavras | 16 páginas
  • Equilibrio Térmico Da Terra
    1387 palavras | 6 páginas
  • resenha critica ao livro viagem ao centro da terra
    1312 palavras | 6 páginas