Clarice Lispector - Restos do Carnaval

1125 palavras 5 páginas
Análise do conto Restos do Carnaval, Clarice Lispector

1. Introdução Felicidade Clandestina é um livro que reúne 25 contos da escritora Clarice Lispector. O próprio nome do livro dá título à primeira dessas histórias. Nos últimos anos, tem sido listado como leitura obrigatória da própria UFPR e, talvez por isso, tenha se tornado obra familiar para muitos que estão ingressando agora no ensino público do Paraná. O texto que escolhi vem desse livro e se chama Restos do Carnaval. Assim como em outros textos do mesmo livro, há uma volta ao passado por parte da personagem e uma certa introspecção, tal que é marca clássica da escrita de Clarice Lispector.

2. Análise 2.1. Enredo Restos de Carnaval começa com a personagem-narradora voltando para sua infância. Menina de 8 anos, residente de Recife, e grande adoradora da festa de Carnaval. Infelizmente, pela doença da mãe, nunca pudera participar da folia, já que os esforços se concentravam em cuidar dela. Geralmente, ganhava um pacote de confetes e um lança-perfume, mas não se fantasiava e podia apenas ficar na escada da porta de casa até 23h. Mesmo assim, se mantinha assustada e entretida com aqueles que usavam máscaras e passavam por ela. Aos oito anos, porém, teve um Carnaval diferente. A mãe de uma amiga fantasiou a filha de rosa, usando papel crepom; com as sobras, conseguiu fazer mais uma fantasia, que ficou para a personagem-narradora. A euforia em finalmente participar da festa foi tanta para a garota

Relacionados

  • Realismo brasileiro e modernismo - literatura
    7202 palavras | 29 páginas
  • Modernismo no brasil e em portugal
    12192 palavras | 49 páginas
  • Regionalidade nordeste
    6619 palavras | 27 páginas