Classificação dos Seres vivos Origem e história

800 palavras 4 páginas
Classificação dos Seres vivos: Origem e História

Classificar é o mesmo que agrupar de acordo com as semelhanças apresentadas entre as entidades classificadas o mais difícil é conseguir encontrar um método que agrupe de forma geral toda essa diversidade da terra, pois em todas as regiões do planeta encontra-se seres que se adaptam e conseguem viver, assim há seres vivos que vivem na água, terra, ar e muitas vezes nascem em um ambiente e sobrevivem em um outro.
Ao longo da história muitas pessoas tentaram criar um sistema classificatório que incluísse todos os seres. Nossos ancestrais classificavam de forma muito simples, pois diferenciavam os animais domesticáveis e animais selvagens; os frutos doces, azedos e amargos; solos férteis e improdutivos dentre outras. Apesar desta classificação satisfazer as necessidades no momento era uma forma simples que para um estudo aprofundado, ou seja, não tinha importância cientificamente por isso os estudiosos buscaram ao longo da história, classificar os seres vivos.

Origem e história
400 a 300 a.C. - Aristóteles
Primeiro a buscar formas de classificação para os seres vivos, ele começou a divisão por animais e os dividiu em dois grupos: Sem sangue e com sangue.
Seu discípulo, Teofrasto, pelo seu trabalho com classificação de plantas, foi considerado o pai da botânica, dividindo-as em árvores, arbustos, subarbustos e erva. 1735 - Karl Vón Linné - Agrupou todos seres vivos em um único sistema de classificação. Seus trabalhos

Relacionados

  • Estudos dos seres vivos
    2617 palavras | 11 páginas
  • o mundo dos seres vivos
    839 palavras | 4 páginas
  • A Origem e a História do Atletismo
    4577 palavras | 19 páginas
  • Adaptação dos seres vivos
    1191 palavras | 5 páginas
  • A importancia do ar para os seres vivos
    851 palavras | 4 páginas
  • Os seres vivos
    2303 palavras | 10 páginas
  • Classificação dos seres vivos: Tambaqui
    872 palavras | 4 páginas
  • A origem e a história da filosofia do direito
    2940 palavras | 12 páginas