Cogumelos alucinógenos

1593 palavras 7 páginas
Cogumelos alucinógenos

2ºano

Grupo:

Introdução

No trabalho a seguir, falaremos um pouco sobre os cogumelos alucinógenos, sua origem, seus efeitos, tipos e uso, a legalidade e o consumo que se for incorreto podem levar a óbito.

Cogumelos alucinógenos

Os cogumelos alucinógenos ou drogas alucinógenas são fungos com propriedades alucinógenas, ou seja, afetam diretamente o cérebro e os sentidos, o que causa alucinações e delírios, fazendo com que a pessoa veja, escute, cheire ou até mesmo tente tocar coisas que não existem. Grande parte das drogas alucinógenas vem da natureza, principalmente das plantas e cogumelos.
Essas plantas já foram descobertas há muito tempo, na antiguidade e os usuários as consideravam plantas divinas devido aos efeitos causados. Até hoje, algumas culturas indígenas de vários países usam essas plantas de modo religioso, ainda levando em consideração seus efeitos, utilizados por diversos povos em suas atividades culturais, bem como drogas recreativas, especialmente por jovens urbanos influenciados por diversos movimentos culturais.
No Brasil, nas décadas de 60 e 70, não era incomum ver jovens que buscavam determinada espécie destes cogumelos nos pastos dos estados do sul. Estes nasciam sobre o esterco do gado e eram colhidos para se fazer um chá: o "chá de cogumelos" (mais adiante temos uma divertida historinha, que conta como esse chá surgiu), que devido à psilocibina e psilocina fazia com que se "abrissem" mais um pouco as portas

Relacionados

  • Trabalho cogumelo
    1438 palavras | 6 páginas
  • alucinógenos
    2270 palavras | 10 páginas
  • Trabalho-fungos
    2376 palavras | 10 páginas
  • Drogas, cartazes explicativos
    998 palavras | 4 páginas
  • Alucinógenos
    1758 palavras | 7 páginas
  • Drogas perturbadoras
    7998 palavras | 33 páginas
  • Reino fungi
    2885 palavras | 12 páginas
  • Historia dos cogumelos
    2059 palavras | 9 páginas
  • A descriminalização do uso de drogas como instrumento de abordagem do fenômeno drogadição da saúde pública no brasil
    2078 palavras | 9 páginas