Comparação do sistema de saúde publico: brasil e inglaterra

2477 palavras 10 páginas
SISTEMA ÚNICO DE SAÚDE (SUS)

Antes de tudo, é importante destacar que, como descrito anteriormente, o Sistema
Único de Saúde começou a ser implantado por meio de uma estratégia que buscou dar caráter universal à cobertura das ações de saúde, até então proporcionada pelo INAMPS apenas para os seus beneficiários.
O Sistema Único de Saúde (SUS) é constituído pelo conjunto das ações e de serviços de saúde sob gestão pública. Está organizado em redes regionalizadas e hierarquizadas e atua em todo o território nacional, com direção única em cada esfera de governo. O SUS não é, porém, uma estrutura que atua isolada na promoção dos direitos básicos de cidadania.
Insere-se no contexto das políticas públicas de seguridade social, que abrangem,
…exibir mais conteúdo…
da organização, da direção e da gestão do SUS;
b. da definição das competências e das atribuições das três esferas de governo;
c. do funcionamento e da participação complementar dos serviços privados de assistência à saúde;
d. da política de recursos humanos;
e. dos recursos financeiros, da gestão financeira, do planejamento e do orçamento.

O SUS foi criado com base nos princípios da universalidade, equidade e integralidade: - Universalidade: todo e qualquer cidadão tem direito garantido ao acesso a todos os serviços públicos de saúde, inclusive aos contratados pelo poder público. - Equidade: todo cidadão deve ser tratado de forma igualitária e ser atendido conforme suas necessidades, até o limite do sistema. - Integralidade: o sistema de saúde deve ser integral, devendo promover, proteger e recuperar a saúde dos cidadãos, priorizando atividades preventivas. O SUS é formado por uma rede de serviços que seguem os seguintes Princípios: - Regionalização e Hierarquização: com o objetivo de permitir melhor controle nas ações de vigilância epidemiológica, sanitária, educação em saúde, atenção ambulatorial e hospitalar, a rede de serviços deve estar organizada de forma hierarquizada e regionalizada, possibilitando assim, maior consciência dos problemas de saúde da população; - Resolutibilidade: o serviço de atendimento deve estar sempre apto a solucionar e enfrentar qualquer problema que lhe compete resolver; - Descentralização: as

Relacionados

  • Resenha do documentário sicko
    2177 palavras | 9 páginas
  • Falácias
    919 palavras | 4 páginas
  • Análise do filme Sicko: S.O.S Saúde
    823 palavras | 4 páginas
  • Keynesianismo-fordismo e a generalização da política social
    4302 palavras | 18 páginas
  • Portflio disciplina PIC
    3556 palavras | 15 páginas
  • Federalismo norte americano e brasileiro
    4641 palavras | 19 páginas
  • artigo computação grafica
    2553 palavras | 11 páginas
  • Questionario sobre cidadania no brasil
    3692 palavras | 15 páginas
  • História da higiene, segurança e medicina do trabalho.
    4566 palavras | 19 páginas
  • Resumo : pobreza, desigualdade, exclusão e cidadania.
    5514 palavras | 23 páginas