Conceito de revolução

2777 palavras 12 páginas
Universidade Gama Filho
Trabalho de oficina III – CSO 930
Profº Newman Caldeira
Aluno: Victor Lourenço

Conceito de Revolução Industrial e Francesa e seus impactos na América Latina

1. Introdução

A intenção deste trabalho é discutir o conceito de Revolução no período da Modernidade, tendo como foco as revoluções Industrial e Francesa, porém, procuraremos um paralelo com os impactos causados na América Latina. Utilizaremos como referência a definição de revolução empregada por Eric J. Hobsbawm em seu livro “A era das revoluções”[1], bem como os argumentos de Maria Ligia Prado em “A formação das Nações Latino-Americanas”.[2] Em um segundo momento, serão utilizados dois livros didáticos para demonstrar como o
…exibir mais conteúdo…
Para ele, a Revolução Industrial Inglesa e a Revolução Francesa criaram um sistema de poder sem precedentes. De um lado, a Inglaterra, potência naval, expandindo seus lucros e garantindo mercado para suas indústrias lucrativas. De outro, a França, potência terrestre, com ideais revolucionários exportados para o resto do mundo. Essas revoluções não foram antagônicas, mas complementares. É verdade que os interesses franceses e ingleses, em determinado momento, digladiaram-se em guerras, mas, finalmente, entraram em acordo. Celebrado no Congresso de Viena, esse casamento inaugurou um novo mundo. O período chamado por Hobsbawm de “Era das Revoluções” [5] deixou uma grande herança para o século XX. No âmbito da política, as mudanças foram contundentes: predominou o ideário nacionalista; a separação entre Clero e o Estado ganhou força; houve o aumento da demanda pela criação de regimes democráticos e, por fim, começou a ser delineado um projeto para contrapor o liberalismo ao capitalismo. Nas ciências, a racionalização impulsionou descobertas que propiciaram as revoluções industriais, selando o destino das sociedades agrárias da Europa. Na seara cultural, a literatura, música clássica e pintura viveram um período de maior destaque e valorização. Embora prevalecesse o Romantismo nas classes dominantes, tal movimento artístico não tinha vez nas classes médias e baixas. Havia desse modo, uma tendência não romântica, de contestação ao

Relacionados

  • Trabalho e sua evolução no ocidente
    2738 palavras | 11 páginas
  • Revolução industrial
    3956 palavras | 16 páginas
  • A influência da Revolução Industrial nos processos produtivos e a aplicação de modelos logísticos
    6188 palavras | 25 páginas
  • A questão social e a necessidade de uma ciência social.
    1324 palavras | 6 páginas
  • sociologia
    1546 palavras | 7 páginas
  • Resenha Sociologia das Relaçoes Internacionais - Introdução e capítulo 2
    3574 palavras | 15 páginas
  • Ecos da marselhesa- eric hobsbawn cap1
    975 palavras | 4 páginas
  • Florestan Fernandes X Caio Prado
    1773 palavras | 8 páginas
  • Resenha crítica
    17693 palavras | 71 páginas
  • Resumo as categorias de gramsci e a realidade brasileira por carlos nelson coutinho
    1940 palavras | 8 páginas